• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Varginha recebe 2ª edição do projeto Territórios de Invenção

Varginha será sede da residência musical dos artistas Joana Queiroz e Rafael Martini, que ocorrerá entre os dias 30 de julho e 10 de agosto, no Conservatório Estadual Maestro Marciliano Braga.

A prática artística faz parte da 2ª edição do projeto Territórios de Invenção: Residências Musicais, realizado pela Fundação de Educação Artística (FEA), que até outubro proporcionará o convívio e a troca de processos de criação musical entre artistas – com projeção nacional e internacional – e músicos estudantes de seis municípios do estado.

Com trabalhos conjuntos realizados desde 2010, a clarinetista e saxofonista Joana Queiroz e o pianista e arranjador Rafael Martini são dois dos nomes mais prestigiadosdentre os artistas e compositores da nova geração, com trabalhos inventivos, traçando diferentes caminhos para a música instrumental.

As inscrições do projeto são gratuitas. Para a etapa de Varginha, elas já estão abertas podendo ser realizadas entre os dias 25 de junho e 16 de julho, por meio do preenchimento de ficha de inscrição online disponível emhttp://bit.ly/residenciavarginha.

Podem se inscrever músicos a partir de 15 anos que tenham algum domínio de seu instrumento (que também pode ser a voz). Cada um deve levar instrumento e, se necessário, um amplificador. Vagas também para ouvintes.

A primeira semana de residência será amplamente aberta ao público em geral, com bate-papo no dia 30 de julho (segunda), a partir das 19h, e ensaio aberto no dia 02 de agosto (quinta), de 18h às 21h.

Já para a segunda semana será desenvolvido um trabalho intensivo com os 20 músicos selecionados através de inscrição (público-alvo: a partir de 15 anos, com algum domínio de seu instrumento, que deverá ser levado juntamente a um amplificador, se necessário), mas também com abertura para o público em geral acompanhar como ouvinte.

No dia 10 de agosto (sexta) será realizado um concerto de encerramento, aberto à comunidade, trazendo o resultado das duas semanas de imersão musical através da residência.

A partir do tema Com-Por (Por Junto), Joana Queiroz e Rafael Martini buscarão evidenciar ao longo de 10 dias os cruzamentos entre os universos da canção e da música instrumental, por meio de exercícios e jogos musicais voltados para a interatividade, cooperação e criatividade no grupo.

O resultado das criações será apresentado em um concerto de encerramento. Haverá também bate-papo aberto ao público sobre os aspectos observados ao longo da residência, como composição, arranjo, direção e produção musical.

Indo além do formato de oficina, que geralmente visa a construção de um atelier compartilhado, a proposta de residência, segundo Rafael Martini, caminha no sentido de se produzir material musical a partir da vivência em um dado ambiente, com o trabalho sendo afetado não só pelas visões de mundo dos participantes, mas pelo próprio local – no caso o Conservatório Estadual e a cidade de Varginha.

“A ideia é passar um tempo e sentir uma transformação a partir dessa imersão, que é tão rara pra gente”, comenta o compositor e arranjador.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.