• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Com falta de testes rápidos de Covid-19, Varginha suspende temporariamente agendamento para testagem

De acordo com o Superintendente do Combate à Covid-19, Doutor Luiz Carlos Coelho, a dificuldade acontece devido ao aumento de casos de síndromes gripais, tendo em vista que várias pessoas buscaram realizar os testes.

Redação CSul/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Prefeitura de Varginha comunicou, nesta terça-feira (18), que está com dificuldades para realizar a aquisição e compra de testes rápidos para Covid-19. De acordo com o Superintendente do Combate à Covid-19, Doutor Luiz Carlos Coelho, a dificuldade acontece devido ao aumento de casos de síndromes gripais, tendo em vista que várias pessoas buscaram realizar os testes.

“No momento em que observou-se a alta exponencial de casos de síndromes gripais, com a manutenção de testagens, incluindo de todos os casos leves, houve também o correspondente aumento de consumo do estoque de testes” – disse Coelho.

Ainda conforme o médico, “um enorme esforço vem sendo feito para a manutenção das aquisições e para a chegada dos testes solicitados. Mas, na realidade nacional, a escassez de insumos para testagens atingiu a todos” – explicou.

Por determinação da administração municipal, Varginha irá reservar o restante de testes para pacientes de situações de risco ou maior agravamento de sintomas. A medida será tomada até que, segundo a prefeitura, a indústria farmacêutica consiga restabelecer o fornecimento dos testes licitados e comprados.

Com o agendamento suspenso, Luiz Carlos Coelho disse que será mantido e realizado apenas os testes que já foram agendados. Ainda segundo ele, durante o tempo sem os testes, a prefeitura irá incluir os casos não testados no item confirmados pelo critério clínico/epidemiológico, no boletim diário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.