Hora do Empreendedor com Ibraim Gustavo – Vamos celebrar o Dia do Empreendedor

05 de outubro marca o Dia do Empreendedor, aquele ser que tem dentro de si a vontade de transformar e inovar sempre. Celebre o Dia do Empreendedor.

Nesta semana, mais precisamente no dia 05 de outubro, comemoramos o Dia do Empreendedor, esse ser com uma vontade imensa de transformar tudo.

O Dia do Empreendedor celebra homens e mulheres de todas as idades que buscam sempre criar soluções para mudar o mundo.

O Dia do Empreendedor como celebração

Definitivamente é um dia “sim”, um dia “não”. E isso merece uma comemoração.

Parece até que aquelas pessoas bem-sucedidas nunca tiveram uma baixa, nunca se arrependeram, jamais ouviram um “não”.

A realidade, sabemos bem, não é essa, e todo aquele que se lança no mundo do empreendedorismo, corre riscos.

Mas, qual é a graça do empreendedorismo se ele não trouxer riscos? Ou melhor, existe empreendedorismo sem riscos?

Não. Não existe. E são justamente os riscos que nos fazem ter o ímpeto restaurado e renovado todas as manhãs.

O Dia do Empreendedor é uma verdadeira celebração àqueles que não se acomodam, e não se importam de ouvir sonoros “nãos”.

Este dia do empreendedor nos faz saudar homens e mulheres que não se conformam com a realidade estagnada.

Esta data celebra os inconformados, aqueles que não tomam forma, e que têm o eterno desejo de inovar.

São inúmeros exemplos de empreendedores que depois de muitas derrotas e decepções puderam contribuir com a sociedade.

São milhares de empreendedores que ajudaram a transformar o mundo. Os mundos. O mundo de uma pessoa, talvez.

O dia do empreendedor é para nos lembrar de que a luta, apesar de incessante, sempre, sempre vale a pena.

Empreendedores são aqueles que apostam no poder das startups, das empresas disruptivas e dos negócios inovadores.

Podemos citar:

  • Fintechs,
  • Healthtechs
  • Edtechs
  • Agrotechs

Techs, techs, techs. Um mundo de tecnologia, inovação e compartilhamento de ideias que a gente não quer sair mais.

Empreendedorismo é o universo das siglas, da sopa de letrinhas que muita gente nunca sequer ouviu falar.

As letras do alfabeto que mais preocupam os empreendedores, como: CX, UX, KPR, NPS, CAC, LTV, MRR e outras.

E é uma delícia olhar cada uma delas. Quem está inserido nesse meio sabe do que estou falando.

Mas também é dia daqueles que não são techs, mas igualmente arriscam e não têm medo, mesmo no analógico.

O tio da padaria da esquina, a senhorinha do salão de beleza, a menina que faz bolo, e o rapaz que “tá tentando”.

O Dia do Empreendedor não depende da natureza do negócio, mas da vontade de quem está por trás dele.

Definições sobre o que é empreender

Eu costumo dizer que cada empreendedor define o empreendedorismo de uma forma.

As frases que vemos estampadas em empresas e startups revelam bem o que cada um pensa sobre empreender.

Algumas delas, são:

  • É uma verdadeira montanha-russa
  • É um mar de emoções
  • A única certeza de empreender é o tombo
  • Foguete não dá ré

Já outras frases, são aquelas que ouvimos nos corredores de startups e em reuniões virtuais:

  • Isso não vai dar certo, nunca
  • Ah! Eu desisto! (05 minutos depois…) Tá, vai… vamos tentar de novo, de outro jeito
  • Precisa validar!
  • O que o cliente falou?
  • Agora vai!

Apesar de todas serem muito interessantes, algumas podem inspirar mais, outras amedrontar.

Entretanto, todas elas, cada uma em uma situação e com sua parcela, são reais.

A minha definição é: empreender é: um dia, “sim”; um dia, “não”. E isso significa muita coisa para mim.

Só quem já tentou sabe como é bom ouvir uma boa notícia. Ao mesmo tempo, é duro quando ela dura menos de 24 horas.

Mas é assim, mesmo! Empreender não traz certeza de sucesso ou de vitória.

Mas não é nem o sucesso nem a vitória que move o empreendedor. É a luta; é, justamente, a incerteza.

Feliz Dia do Empreendedor a todos e todas que se aventuram nessa jornada maravilhosa, arrepiante e desafiadora.

Ibraim Gustavo – Jornalista, pós-graduado em Marketing (UNIP) e MBA em Comunicação e Mídia (UNIP). É também escritor, redator e radialista, e possui formação em Profissões do Futuro (plataforma O Futuro das Coisas), e no programa Restartse (plataforma StartSe).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.