Projeto Despertar oferece espaço de fala e reflexão aos autores condenados pela Lei Maria da Penha

Idealizado pela equipe da Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social (SEHAD) em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e com o Poder Judiciário, o Projeto Despertar e uma iniciativa que tem como objetivo, oferecer um espaço de fala e reflexão aos autores condenados pela Lei Maria da Penha, que têm sua participação condicionada por intimação judicial.

Apesar de se tratar de um cumprimento de pena, o trabalho se dará através de um grupo reflexivo, que abordará temas que favorecem a ressignificação de papéis sociais que reforçam a violência nas relações homo e hétero afetivas, bem como nas relações sociais em geral.

Os encontros acontecerão mensalmente na Câmara Municipal dos Vereadores de Varginha e neles os facilitadores voluntários trabalharão estudos de casos sobre as formas de violência cotidianas, exibição de documentários sobre o tema, debate sobre os papéis sociais de gênero que legitimam as desigualdades sociais e a violência contra mulheres, o significado de ser homem e comportamentos de risco (ciclo da violência contra a mulher), além de debater formas pacíficas de lidar com conflitos.

Espera-se que essa iniciativa contribua para a redução do índice de reincidência dos participantes em crimes relacionados à violência contra a mulher, com o enfoque na possibilidade de torná-los multiplicadores das temáticas abordadas.

Fonte e foto: Prefeitura de Varginha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *