Hora do Empreendedor com Ibraim Gustavo – O papel das máquinas na vida do ser humano

O temor é desnecessário, já que o papel das máquinas na vida do ser humano é, justamente, o de trazer mais conforto e segurança para ele.

O papel das máquinas na vida do ser humano é liberá-lo para aproveitar mais a vida à escolha dele.

O crescimento da tecnologia e da inovação faz o papel das máquinas na vida do ser humano ser preponderante e fundamental.

Tecnologia x Homem: O papel das máquinas na vida do ser humano

Muita gente ainda tem medo do que as máquinas podem fazer com a vida das pessoas e com os empregos.

Alguns vão além, e temem uma revolução tecnológica como nas grandes produções cinematográficas.

Mas parece que muita gente se esquece dos inúmeros benefícios que a humanidade conquistou com a tecnologia.

Podemos citar sem medo:

  • Na saúde: com diagnósticos mais precisos e a telemedicina;
  • No mercado de trabalho: com a implementação da TI e do home office;
  • Na educação: com a inclusão do Ensino à Distância (Ead);
  • Na locomoção: com os aplicativos de transporte;
  • No entretenimento: com o streaming, com as lives e com as plataformas digitais;
  • Na engenharia: com as cidades inteligente e o uso dos materiais renováveis;
  • No setor energético: com os avanços na distribuição de energia limpa e sustentável.

Essas são algumas das inúmeras conquistas já alcançadas pela relação humanos e máquinas.

Portanto, observamos que o papel das máquinas na vida do ser humano é muito mais de trazer facilidades que riscos.

Se há riscos, quais são eles?

Obviamente não podemos deixar de lado ou esquecer que, apesar de trazer benefícios, a tecnologia pode ser prejudicial.

A substituição das máquinas pelo ser humano deve limitar-se às práticas laborais que necessitam dela.

Como operações mais arriscadas, trabalhos perigosos ou extremamente cansativos.

A inovação e a tecnologia devem estar sempre à serviço do homem, e não o contrário.

Quando o inverso ocorre, podemos, sim, colocar nossas vidas em risco, das mais diversas formas, como:

  • O uso incessante de plataformas tecnológicas, que pode gerar dependência;
  • A superexposição de pessoas nas redes sociais;
  • A supervalorização da imagem em detrimento das diferenças;
  • Cyberbullying e a cultura do cancelamento;

Sendo assim, não podemos extrapolar a importância e o papel das máquinas na vida do ser humano.

A tecnologia à serviço do homem

O papel das máquinas na vida do ser humano é o de trazer conforto, segurança e liberar o homem para outras atividades.

E essas atividades podem ser as mais variadas, como passar mais tempo com os filhos, fazer uma viagem, ou descansar.

Enquanto a máquina trabalha, o homem pode realizar atividades que elas não seriam possíveis.

A inteligência do ser humano permitiu-lhe criar máquinas para deixá-lo mais livre para aproveitar a vida de outras maneiras.

O trabalho é fundamental na vida de todas as pessoas, mas qualquer atividade repetitiva e que possa substituída, será.

E essa é a boa notícia, pois assim somos liberados pelas máquinas para colocar nossa criatividade em ação.

Enquanto robôs são aptos para desenvolver tarefas com precisão, nós somos capacitados para pensar e criar.

É imprescindível entender que as máquinas não são inimigas, mas despertam em nós a criatividade.

Então, o papel das máquinas na vida do ser humano torna-se ainda mais importante quando temos essa compreensão.

Ibraim Gustavo – Jornalista, pós-graduado em Marketing (UNIP) e MBA em Comunicação e Mídia (UNIP). É também escritor, redator e radialista, e possui formação em Profissões do Futuro (plataforma O Futuro das Coisas), e no programa Restartse (plataforma StartSe).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.