Vereadores visitam Fuvae em mais uma edição do projeto Câmara Social

Mais uma vez os vereadores foram ao encontro daqueles que tanto contribuem para nossa cidade. Na última terça-feira (23) foi realizada a segunda edição do projeto Câmara Social e o presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni acompanhado dos vereadores Buiú do Ônibus, Leonardo Ciacci, Zacarias Piva e Zilda Silva foram recebidos na Fundação Varginhense de Apoio aos Excepcionais – Fuvae.

Em atividade em Varginha desde fevereiro de 1961, a Fuvae, que começou com cinco crianças atendidas, hoje atende mais de 400 pessoas com deficiência e suas famílias. A idade dos atendidos varia desde bebês até idosos. “Nós realizamos a assistência em três pilares: no social, na saúde e na educação e tudo de forma gratuita. Oferecemos atendimento individual, em grupo e todos os atendidos aqui têm à disposição profissionais capacitados, como fonoaudiólogo, fisioterapeuta, psicólogo, psiquiatra, enfim, uma diversidade de profissionais que integram nossa equipe de cerca  de 80 funcionários”, explicou a diretora administrativa, Kátia Nogueira Paiva Campos.

 Após uma conversa com a direção da instituição, onde foram abordadas as dificuldades que a Fuvae passa com a falta de subvenção, os vereadores se propuseram a ajudar, intervindo em todas as esferas de governo. “O objetivo do Câmara Social é este. A gente conhece o trabalho importante que a Fuvae realiza, mas só vindo aqui, de perto, pra entender a dificuldade que eles estão passando e como é difícil para manter essa grandiosa ação que eles desempenham. Fazer tudo isso com pouco apoio do poder público pode se tornar inviável e a Câmara Municipal de Varginha, nós, vereadores, vamos trabalhar para apoiar que ao invés de encerrarem as atividades da Fuvae, que elas ampliem. O que eles fazem aqui o Município teria uma dificuldade imensa de assumir, caso a instituição não existisse, por isso precisamos correr atrás de todo apoio possível e é isso que vamos fazer, após essa visita”, disse o presidente da Câmara, vereador Dudu Ottoni.

Os vereadores também conheceram todas as instalações do imenso prédio que abriga todas as atividades da Fundação. Foi explicado que parte da renda utilizada para manter a instituição vem dos aluguéis de áreas do imóvel, como a piscina, quadra, estacionamento, salão e centro comercial. “Mesmo com todo esforço que fazemos, com os aluguéis, com os eventos que fazemos, com os empresários que nos ajudam, o que arrecadamos fica muito abaixo do nosso gasto mensal que é de quase R$ 90 mil. Precisamos urgentemente de um apoio do poder público para continuar mantendo nossas atividades”, explicou Kátia.

Com essa visita e conhecimento real da Fuvae, os vereadores se sensibilizaram e se propuseram a interceder com a Prefeitura, Governo do Estado e deputados com base em Varginha para ajudar à instituição. Será feito um requerimento na Câmara Municipal, oficializando todas as necessidades levantadas durante a visita, inclusive as necessidades de transporte das mães e dos alunos no transporte adaptado. Esse requerimento será endereçado às autoridades competentes e os vereadores correrão atrás para conquistar as melhorias urgentes que a Fuvae precisa. “Esse é o real objetivo do Câmara Social, valorizar essas entidades que tanto contribuem com nossa cidade. Elas assumem até mesmo responsabilidades do poder público e, por isso, precisam de um olhar atento nosso. Hoje foi uma visita esclarecedora e tocante para todos nós que pudemos participar e vamos batalhar para conquistar o que tiver ao nosso alcance”, completou o presidente da Câmara.

Fonte e fotos: Câmara Municipal de Varginha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *