Vacinação contra a gripe é prorrogada até dia 22

A baixa procura pela vacina levou o Ministério da Saúde a prorrogar a 20ª Campanha de Vacinação contra Influenza. A ação, que acabaria nesta sexta-feira (15), vai agora até o dia 22.

É a segunda vez neste ano que o prazo é estendido; na primeira, a prorrogação deveu-se à paralisação dos caminhoneiros. O número de pessoas infectadas pelo vírus Influenza mostra a importância de as pessoas procurarem a imunização.

Em Minas Gerais, já são 23 mortes registradas e 105 pessoas infectadas e a cobertura vacinal em todo o estado ainda está abaixo da meta.

Segundo informações da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG), até o último dado divulgado pela pasta, 80,5% do público-alvo já tinham recebido a vacina. Objetivo é vacinar 90% do contingente formado por cerca de 5 milhões de mineiros.

Em todo o país, apenas 77% do público-alvo foi vacinado. O número é considerado baixo. O Ministério da Saúde pretende imunizar 54 milhões de pessoas. Desde o início da campanha, em 23 de abril, 42,6 milhões de pessoas foram vacinadas.

Varginha

A meta é vacinar 26.300 pessoas e já foram aplicadas 20.114 doses, um total de 76,48%.A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, intensificará a vacina nesta sexta-feira (15), das 17h às 20h,apenas para os grupos prioritários.

Ação será realizada na Unidade de Saú­de Dr. José Marcos Xavier, bairro Bom Pastor.

Na oportunidade, os Cartões de Vaci­na serão avaliados e as doses da rotina serão completadas se necessário.

O público alvo são grupos prioritários, ou seja, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, puérperas, gestantes, trabalhador de saúde, pessoas com 60 anos ou mais de idade, portadores de doenças crônicas não transmis­síveis e professores), conforme preconiza o Ministério da Saúde.

É necessário levar caderneta de vacina­ção da criança e do adulto. Unidade de Saúde fica localizada na Rua José Teixeira, s/nº Jar­dim Laverna. Maiores informações podem ser obtidas no telefone: 3690-2246.

A coordenadora-substituta do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, Ana Goretti, afirma que “a vacina é a forma mais eficaz de proteger as nossas crian­ças, reduzindo hospitalizações e as complica­ções da doença. Proteger a criança da gripe é proteger também toda a família, pois elas são as principais transmissoras do vírus”.

Cobertura vacinal até 11/06

  • Crianças de 6 meses a < 2 anos – popula­ção 2.603; doses 2.035; cobertura 89,09%;
  • Crianças de 2 a < 5 anos – população 4.573; doses 2.015; cobertura 49,66%;
  • Trabalhador de saúde – população 3.269; doses 2.681; cobertura 82,01%;
  • Gestantes – população 1.301; doses 719; cobertura 55,27%;
  • Puérperas – população 214; doses 144; cobertura 67,29%;
  • Idosos – população 13.460; doses 11.209; cobertura 83,28%;
  • Professores ensino básico e superior – população 880; doses 771; cobertura 87,61%.

Notificações em Varginha

Até o momento foram notificados 21 casos, com 18 coletas, sendo cinco confirmados para H1N 1 – 1 caso; Influenza A – 1 caso; Influenza A /sazonal/H3 – 3 casos.

Dois casos aguardam resultado e 11 não de­tectaram nada.

Sobre a doença

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada trans­missibilidade e distribuição global, com tendên­cia a se disseminar facilmente em epidemias sa­zonais e também podendo causar pandemias.

A transmissão ocorre por meio de secre­ções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infec­cioso direto a boca, olhos e nariz. (Ministério da Saúde – MS).

Benefícios da vacina

A vacinação contra influenza mostra-se como uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas compli­cações, das internações e, consequentemente, da mortalidade decorrente das infecções pelo vírus da gripe, nos grupos alvos já definidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *