• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Moradora de Campanha é indiciada por espalhar fake news

A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre um vídeo compartilhado em redes sociais, em maio deste ano, em que uma mulher afirmava que caixões estavam sendo enterrados com pedras no lugar de corpos de vítimas do coronavírus, em Belo Horizonte.

A investigação concluiu que a mulher cometeu calúnia contra a prefeitura de Belo Horizonte e pode pegar até oito anos de prisão, além de seis meses de prisão por provocar pânico.

A mulher mora na cidade de Campanha.

Fonte: Varginha 24 hrs/Foto: Ascom Polícia Civil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.