Leonardo Ciacci participa de audiência que propõe soluções para Furnas

Na última segunda-feira (13), o vereador de Varginha, Leonardo Ciacci esteve na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde representou o município em uma reunião promovida pela Comissão de Minas e Energia que tratou da proposta de se manter uma cota mínima de água no Lago de Furnas.

A maioria dos participantes da audiência defendeu a proposta de se manter o nível da água sempre em 762 metros acima do nível do mar, que seria o mínimo para manutenção das atividades turísticas e da piscicultura no Lago de Furnas.

“Recentemente apresentei um pedido de igual teor na Câmara de Varginha, solicitando apoio dos nossos deputados estaduais e federais e do Governo do Estado e, por isso, fui convidado para participar dessa audiência, onde ouviram meu posicionamento que era parecido com os demais colegas presentes”, disse o vereador Leonardo Ciacci.

Durante a reunião foi aprovada a criação da Frente Parlamentar Itamar Franco, que terá como objetivo defender os estados e municípios do entorno do lago que estão sendo impactados pela utilização do reservatório de água por Furnas Centrais Elétricas.

“Quando houve o alagamento para a implantação do reservatório, muitas propriedades que estavam às margens da represa foram inundadas e teve até pessoas que suicidaram por perderem suas terras. Após muitos anos as pessoas se acostumaram com a represa, fizeram seus investimentos, como hotéis, restaurantes, condomínios e hoje têm visto a mesma situação, seus investimentos perdendo valor. Precisamos intervir nisso e voltar a fazer essa região ser próspera para o turismo. Com essa audiência e a criação desta Frente Parlamentar, acreditamos que já é um início para que sejamos ouvidos e nossa área seja valorizada”, reforçou Leonardo.

As reivindicações feitas pelas autoridades presentes estão sendo encaminhadas, principalmente para Furnas Centrais Hidrelétricas, Governo Federal, Governo do Estado de Minas Gerais e Operador Nacional do Sistema.

“Nossa união pode resultar em uma retomada dos investimentos na nossa região. Se for garantido um nível mínimo do lago, o investidor terá segurança de realizar seus negócios aqui e isso gerará mais emprego e renda para Varginha e para o entorno. É uma pauta que tenho trabalhado na Câmara Municipal e agora fui convidado pela Assembleia para representar nossa cidade nessa questão”, concluiu Leonardo Ciacci.

Fonte e fotos: Câmara Municipal de Varginha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *