Cidades da região anunciam medidas para conter visitantes durante feriadão de São Paulo

Prefeituras reforçam barreiras sanitárias e solicitam ajuda de moradores para evitar vinda de parentes e amigos para região

Redação CSul – Iago Almeida / Foto: Prefeitura de Baependi

Após o anúncio do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, de antecipar feriados na cidade, prefeituras de municípios da região iniciaram intenso trabalho para restringir entradas de visitantes nas cidades, buscando evitar aumento no número de casos de Covid-19. Intenção das prefeituras é evitar que o feriado estimule também parentes e amigos do estado de São Paulo a visitarem casas na região durante os seis dias.

Cada prefeitura determinou a própria medida, que inclui até a restrição total de qualquer veículo com placas de São Paulo.

Varginha

Varginha anunciou que montará barreiras sanitárias nas entradas da cidade, mas não informou como será a ação. Em postagem nas redes sociais, o prefeito Vérdi Melo solicitou que os cidadãos fiquem atentos e não estimulem a vinda de parentes e amigos para a cidade. Confira a nota da Prefeitura:

Barreiras Sanitárias

Em algumas cidades, as barreiras sanitárias, montadas nas entradas dos municípios, serão reforçadas até o fim do feriadão de São Paulo. Cidades como Nepomuceno, Três Corações,Seritinga e Borda da Mata tomaram as medidas.

Em Borda da Mata, cinco barreiras sanitárias foram montadas para monitorar a entrada de pessoas, com apoio da Polícia Militar. As barreiras ficam nos dois portais de entrada, na ligação com Pouso Alegre e Ouro Fino, aos distritos Cervo e Sertãozinho e o acesso para Tocos do Moji.

A Prefeitura de Nepomuceno afirmou que “as pessoas que entrarem na cidade ficarão sujeitas a cumprir a quarentena que será importa, sendo válido para todos os membros da residência”.

A Prefeitura de Santana da Vargem informou que irá monitorar quem vier de São Paulo e que essas pessoas terão que assinar um termo de compromisso social e se comprometer a ficar em casa com os demais familiares.

Restrição de veículos

Muitas cidades irão restringir os veículos com placas de São Paulo, durante o ‘feriadão’. São os casos de Muzambinho, Guaxupé, Serrania, Guaranésia, Lambari,Juruaia, Campanha, Poço Fundo e Ouro Fino, onde as medidas de restrição são semelhantes.

Carmo do Rio Claro comunicou que vai restringir a entrada de veículos de São Paulo e todas as pessoas que vierem de outros municípios terão que ficar em isolamento.

Em Boa Esperança, os veículos de São Paulo serão barrados e os ônibus de outras cidades deverão repassar a listagem de passageiros, contendo nome e endereço para a Secretaria de Saúde sob pena de multa. “Barreiras estão sendo instaladas na entrada da cidade. Veículos de São Paulo terão que retornar”, informou a Prefeitura.

Em Extrema, a prefeitura proibiu a entrada, circulação e permanência de todos os veículos com placas de outros municípios, com exceção de quem comprovar endereço fixo ou trabalho, a partir das 5h desta quarta-feira (20).

Em Campo Belo, o prefeito assinou novo decreto que proíbe a entrada de veículos vindos de São Paulo, na cidade, que não apresentarem comprovante de residência ou por trabalho. “As rodovias de acesso e entradas para o município contarão com barreiras sanitárias fixas e móveis, monitoradas por servidores municipais, juntamente com órgãos de segurança públicos e privados atuando sobre o pálio da administração pública”, completou.

Em Carvalhos, será permitida apenas entrada de moradores do município, “ou pessoas que trabalham nas Instituições e/ou Estabelecimentos, cujas atividades sejam excepcionais ao funcionamento do município, ao transporte de mercadorias essenciais e aos casos de urgência e emergência médicas”, informou a Prefeitura.

Pedido a familiares e amigos

Sem medidas, algumas cidades pedem que parentes e amigos não venham para a região durante este período. Em Andradas, a Prefeitura pediu para que os cidadãos reforcem o pedido para não haver visitas. “Esta solicitação é para proteger nossa cidade e evitar que exponha o contágio da Covid-19”.

As Prefeituras de São Lourenço, Machado, Baependi, Aiuruoca, Serranos, Cruzília, Três Pontas e Monsenhor Paulo também pediram para que os moradores de São Paulo não venham para as cidades, mas não informaram sobre barragens.

A Prefeitura de Coqueiral também fez o apelo para as pessoas de São Paulo não visitarem a cidade. Foi inclusive colocado um telefone à disposição para informar a chegada de pessoas do estado: (35) 99706-5120.

Em Cambuquira também foi disponibilizado contatos para comunicar irregularidades de turistas na cidade: (35) 98428-3979 / monitoramento.covid@cambuquira.mg.gov.br

Decisão do prefeito de SP

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) antecipou para esta quarta-feira (20) e quinta-feira (21), os feriados de Corpus Christi (11 de junho) e Consciência Negra (20 de novembro). De acordo com o texto aprovado pela Câmara, também foi decretado ponto facultativo na sexta-feira (22), com exceção dos serviços funerários, atendimento de saúde, segurança pública e assistência social.

O governado João Doria (PSDB) também anunciou na segunda-feira (18) que encaminhou à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) um projeto de lei para antecipar o feriado estadual do dia 9 de julho (Dia da Revolução Constitucionalista) para a próxima segunda-feira (25). De acordo com o presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), a expectativa é que o projeto seja votado em sessão nesta quinta-feira (21).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *