Campanha de Prevenção ao Câncer Bucal será realizada em Varginha

O câncer bucal representa um sério problema de saúde pública no Brasil e o controle desta patologia atualmente é um dos grandes desafios que a saúde pública enfrenta. Dados dos Registros de Câncer de Base Populacional mostram que o câncer de boca ocupa o 4º lugar entre os tipos de câncer mais incidentes no sexo masculino.

Além disso, estatísticas também mostram que a maioria dos pacientes chegam aos hospitais em fase avançada, quando o tratamento deixa de ser preventivo e curativo conservador, tornando-se mutilante e reduzindo o tempo e a qualidade de vida dos pacientes.

Pensando nisso, o Setor de Saúde Bucal da Secretaria Municipal de Varginha realizará no mês de outubro, uma Campanha de Prevenção do Câncer em todas as unidades de saúde do município de Varginha, que contará com atividades de capacitação realizadas junto aos Agentes Comunitários de Saúde que integram as Unidades de Saúde da Família do município e atividades de Educação em Saúde para grupos de risco.

Além disso, o município também pretende estender as atividades para escolas da rede pública. Esta Campanha é uma estratégia que visa articular mecanismos que fortaleçam a rede de serviços e promovam conhecimento e informação à população para que sinta-se motivada e responsável pelos cuidados com sua saúde.

Nesta campanha,serão então realizadas, ações educativas, orientações para o auto exame da boca e exames clínicos em todos os pacientes que se apresentarem nas unidades.

Para realização dos exames clínicos, foram disponibilizados os dias 24 e 25 de outubro, quarta e quinta-feira, sendo que não é necessário agendar o atendimento, basta comparecer e aguardar para ser atendido.

Devem procurar as unidades, as pessoas que tenham identificado, em seu rosto, pescoço, lábios ou no interior da boca, manchas, alterações de cor, irritações ou feridas que não cicatrizam há mais de 15 dias ou, ainda, portadores de próteses mal adaptadas que estejam traumatizando a mucosa bucal.

Lembrando que, pessoas acima de 40 anos, fumantes, alcoolistas e que estejam expostos ao sol sem proteção, fazem parte do grupo de risco, estão mais sujeitos a desenvolver a doença.

A campanha reúne esforços da coordenação e de toda a equipe profissional do Setor de Saúde Bucal, mas sem dúvida, seu sucesso depende da adesão da população e de sua efetiva participação.

Sendo assim, todos os munícipes estão convidados a comparecerem às unidades para participarem das ações educativo-preventivas, ampliarem seus conhecimentos e tornarem-se sujeitos capazes de contribuir para o monitoramento de sua própria saúde bucal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *