Agências adotam medidas contra explosões em Poços de Caldas

Em Poços de Caldas, uma lei municipal exige que agências bancárias instalem dispositivos de segurança, a lei agora entrou em vigor. A medida foi divulgada em novembro de 2019 e os bancos tinham 60 dias para realizar a adaptação. A lei, é uma necessidade, já que são recorrentes casos de explosões em agências.

Barreiras metálicas devem ser instaladas em frente aos bancos, conforme prevê a lei, os dispositivos devem soltar fumaça caso a agência seja invadida, alarmes também devem ficar onde estão os caixas eletrônicos, ainda fazem parte da medida câmeras de alta resolução.

Na cidade, duas agências bancárias estão adotando os procedimentos.

Os bancos também devem instalar chapas de aço nas entradas. Os caixas eletrônicos devem contar com dispositivos de reforço onde são liberadas as cédulas, visando impossibilitar a introdução de artefatos explosivos.

Dentro da lei são inclusos bancos oficiais ou privados, postos bancários, cooperativas de crédito sub-agências e postos dos Correios, que operam como agência postal.

Redação CSul – Franciele Brígida/Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *