• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Ventos e chuvas derrubam muros, árvores e causam transtornos em Varginha

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os ventos chegaram a 60 quilômetros por hora. Várias ocorrências, tais como, quedas de muros, árvores e desabamentos foram registradas.

Redação CSul/Foto destaque: Edvaldo dos Santos Amorim

Uma forte chuva acompanhada de fortes ventos no final da tarde desta terça-feira (18) assustou os moradores de Varginha. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os ventos chegaram a 60 quilômetros por hora. Várias ocorrências, tais como, quedas de muros, árvores e desabamentos foram registradas. Em uma empresa, um moro desabou e caiu em cima de um funcionário. O homem, de 40 anos, foi levado em estado grave ao hospital.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima era um trabalhador terceirizado e estava no local montando um equipamento quando o muro caiu. A vítima, além dos ferimentos graves, apresentava estado de choque.

Foto: Redes Sociais

No Centro, várias árvores caíram na Avenida Rio Branco. Motos, que estavam próximas ao local, foram atingidas. Ainda conforme os bombeiros, 11 ocorrências foram registradas somente de quedas de árvores.

Já no aeroporto da cidade, um hangar foi destelhado. Durante à noite, no bairro São Sebastião, uma mercearia pegou fogo devido ao curto circuito durante a retomada da energia elétrica.

Em uma concessionária, os vidros estouraram devido à força do vento. Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, os bairros afetados pelas ocorrências foram: Imaculada, Urupês, Centro, Aeroporto, São Sebastião, Rezende, Distrito Industrial e a zona rural.

*Com informações: G1 Sul de Minas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.