• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Varginha é a primeira cidade do Sul de Minas a tornar uso de máscaras facultativo

Cidades do Sul de Minas seguem emitindo decretos que suspendem necessidade do protetor facial. Estado passa a descartar a necessidade de máscaras em locais abertos a partir deste sábado, 12.

Redação CSul / Foto destaque: Prefeitura de Varginha

Foi emitido nesta sexta-feira (11), um novo decreto da Prefeitura de Varginha, o documento torna facultativo o uso de máscaras de proteção.
Conforme o decreto, o uso da proteção facial deixa de ser obrigatório na cidade, inclusive em ambientes fechados.

Ainda de acordo com o documento, mesmo não sendo obrigatório, é recomendada a utilização de máscaras de proteção nos seguintes casos:

  • Pessoas que ostentem algum grau de comorbidade que, se enquadre no grupo de risco para Covid-19;
  • Idosos;
  • Nos serviços de saúde;
  • No transporte público coletivo;
  • Em locais que haja fluxo considerável de pessoas;
  • Em locais fechados de uso coletivo.

Vale ressaltar que, o município é o primeiro da região a colocar o uso de máscaras de forma facultativa tanto em ambientes abertos quanto fechados.

Sul de Minas

Nesta semana o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, comunicou que a partir deste sábado, 12, o uso de máscaras deixa de ser obrigatório em locais abertos no Estado.

Conforme o secretário, a medida leva em consideração o avanço da vacinação e os bons índices epidemiológicos.

Vale ressaltar ainda que, a medida só não se aplica para pessoas infectadas ou com suspeita da covid-19.

Nesta semana os municípios de Pouso Alegre, Caldas, Machado e Passos já tinham publicado decretos liberando do uso em ambientes abertos.

Porém, nestas cidades o uso deverá permanecer em ambientes fechados.

*Com informações G1 Sul de Minas