• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Varginha conclui Plano de Contingência para vacinação contra o coronavírus

Projeto foi concluído e divulgado nesta terça-feira (15), pela administração municipal.

O Plano de Contingência de Varginha para a vacinação contra o coronavírus foi concluído e divulgado nesta terça-feira (15). Segundo a prefeitura, o projeto é composto por três fases: pré-campanha; campanha de vacinação; e pós-campanha. Além de quatro eixos iniciais: de vigilância: imunização; assistência e atenção primária à saúde; comunicação e segurança pública.

 “Nas primeiras reuniões, já diante de um cenário pandêmico em que se vislumbrava a realização e uma campanha de vacinação contra a covid-19 – que se iniciará em breve – e entendendo claramente que a vacina passa a ser a forma mais eficaz de contenção dessa pandemia, que trouxe inúmeras consequências do ponto de vista de saúde pública, social, político-econômico para o país e para o mundo, entendemos por bem antecipara e já estruturar a nossa rede a fim de estarmos prontos para a vacinação da população de Varginha. Iniciativa que culminou com o Plano de Contingência”, explicou o Secretário de Saúde de Varginha, Doutor Luiz Carlos Coelho.

Dr. Luiz Carlos destaca, ainda, que Varginha possui uma estrutura de rede de frios que contém 28 câmaras já adquiridas e em funcionamento. Adequada às normas da RDC 197/2017 para o armazenamento e conservação de imunobiológicos, sendo previsto, também, toda a logística de insumos em geral para efetivação da nossa vacinação da população varginhense.

A reavaliação acontecerá de forma periódica, permitindo a inserção de novos eixos e novas ações conforme dinamicamente tem sido durante a pandemia.

“Nessa primeira versão que entregamos para o prefeito Vérdi, no último dia 11, ainda não conhecemos as vacinas que serão implantadas, uma vez que os estudos ainda apontam para que aguardemos o sinal verde da Anvisa com relação ao que o Ministério da Saúde vai proporcionar. Entendendo que, historicamente, parte do Ministério da Saúde a Política de Imunização Nacional.” disse o secretário.

O plano contempla, ainda, a otimização da Unidade Central de Imunizações, que atualmente funciona na Policlínica Central, e das salas de vacina, com ampliação e utilização deste tipo de cômodo nas UBS’s do município. Proporcionando assim, que num curto espaço de tempo, se promova a descentralização e a otimização de recursos humanos e recursos materiais disponíveis nestas salas. Esse molde visa que os munícipes tenham próximos de si, pontos de vacinação, além daqueles extras criados através da Unidade Itinerante de Imunizações e da Unidade Central de Vacinas.

 “Varginha mais uma vez sai na frente. O nosso plano de contingência para vacinação da covid-19 acabou, de alguma maneira, se antecipando ao do Estado e, inclusive, já foi entregue à Superintendência Regional de Saúde e à Secretaria Estadual de Saúde, de modo que nós já sinalizamos toda nossa parte de treinamento, logística, capacitações e nosso esforço interno para já estarmos habilitados para concretizar a vacinação da população de Varginha tão logo o Ministério da Saúde sinalize e receba as vacinas que, por ventura, comprar”. finalizou, o Doutor Luiz Carlos Coelho.

Fonte e foto: Ascom Prefeitura de Varginha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.