• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Residenciais Novo Tempo, Cruzeiro do Sul e Carvalhos – Feira da Sustentabilidade fortalece processo de inclusão social e produtiva

No dia 08 de dezembro, Varginha recebe a Feira da Sustentabilidade, que efetiva e consolida o processo de inclusão social e produtiva dos moradores dos residenciais Novo Tempo, Cruzeiro do Sul e Carvalhos.

Concebido e elaborado pela Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social – SEHAD, com base nas pesquisas e indicadores que fundamentaram o Plano Quadrienal Municipal de Assistência Social de Varginha (2017-2020), o governo do município apresentou e submeteu à análise e aprovação da Caixa Econômica Federal, o Termo de Referência.

Ação contém as demandas, prioridades e vertentes basilares para implementação de um plano de desenvolvimento socioterritorial inovador, transformador, includente e sustentável, apto a erradicar os preocupantes índices de vulnerabilidade social da população citada.

O Termo de Referência, após várias reuniões, foi aprovado pela Caixa Econômica Federal (CEF), gestora do Programa Minha Casa Minha Vida e resultou na assinatura de convênio e na alocação de recursos para execução do Plano De Desenvolvimento Socioterritorial, empreendimento social inédito e pioneiro no âmbito dos residenciais implantados e construídos no Brasil.

Em execução há quatro meses pela empresa Ângulo Social Ltda. – sob a supervisão da Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social – o Plano de Desenvolvimento Socioterritorial (PDST), no dia 08 de dezembro, efetivará e cumprirá a sua primeira etapa com os seguintes objetivos concretizados:

Realização de Diagnóstico Socioeconômico do Espaço Urbano Integrado dos Residenciais Novo Tempo, Cruzeiro do Sul e Carvalhos; Curso de Formação de Lideranças para 80 mulheres dos 03 residenciais; 05 Oficinas de Resgate da Autoestima e do Protagonismo da Mulher; Assembleia de Sensibilização e Reflexão com os moradores para o desenvolvimento do sentimento de pertencimento e empoderamento  da comunidade; Oficina de Orientação e Prática de  Organização da Gestão do Orçamento Familiar; cursos de manicure e pedicure , cabeleireiro, designer de sobrancelhas e maquiagem do rosto, beneficiando 100 mulheres das três comunidades, das quais 25 já ingressaram no mercado como autônomos; Curso de Capacitação Técnico para implementação de hortas domésticas, com oficinas práticas por meio da horta matriz, com participação de 25 moradores; Capoeirismo, Oficinas de Violão e de Fotografia para 100 crianças, adolescentes e jovens; identificação de talentos praticantes do artesanato, industriamentode recicláveis e culinária caseira regional.

Segundo o secretário de Habitação e Desenvolvimento Social, Francisco Graça de Moura, a feira terá duas tendas institucionais, tenda dos doces, licores, geléias, compotas, tenda dos salgados, duas tendas de hortaliças e legumes orgânicos, duas tendas dos serviços de manicure, pedicure, designer de sobrancelhas e maquiagem de rosto; tenda do vestuárioreciclado; tenda das artes, com oficinas de violão e capoeirismo.

O Plano de Desenvolvimento Socioterritorial (PDST) e o Projeto de Inclusão  Produtiva do Plano Quadrienal Municipal de Assistência Social (2017-2020), representam as vertentes inovadoras, transformadoras, includentes e sustentáveis da gestão do prefeito Antônio Silva no âmbito das Políticas Sociais Públicas do Município de Varginha.

Foto: Reprodução site enxadaneles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.