• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Prefeitura segue investindo em melhorias para o transporte coletivo urbano e faz alerta em relação ao vandalismo

De acordo com o chefe da Divisão de Transporte, Gledston Cardoso, no próximo dia 5, haverá licitação para a aquisição de mais novos 20 abrigos para beneficiar a população que utiliza o transporte coletivo.

Redação CSul / Foto: Prefeitura de Varginha

A população de Varginha tem recebido a atenção especial da Prefeitura quando o assunto é transporte coletivo urbano. Uma dessas movimentações foi a recente aprovação da ajuda de custo para a Autotrans – empresa responsável pelo transporte coletivo urbano – que impediu o repasse dos gastos para os usuários, ou seja, não teve o aumento da passagem de ônibus medida adotada por muitos municípios, inclusive na região.

O prefeito em exercício Leonardo Ciacci ressalta que, a prefeitura está atenta às demandas do Transporte Coletivo Urbano e sensível à situação econômica das pessoas toma medidas para amenizar mais impactos financeiros às famílias varginhenses.

A administração municipal também está recuperando diversos abrigos de ônibus em diferentes regiões. Entre os locais beneficiados estão toda a extensão da Av. dos Imigrantes (em frente ao Cefet, na Vargem), Jardim das Oliveiras, Av. Celina Ferreira Ottoni (em frente a Unifal) e também no Bairro Jardim Bounganville. Na próxima semana terá a manutenção do abrigo também em frente ao novo Fórum, no Bairro Belo Horizonte.

De acordo com o chefe da Divisão de Transporte, Gledston Cardoso, “no próximo dia 5, haverá licitação para a aquisição de mais novos 20 abrigos para beneficiar a população que utiliza o transporte coletivo urbano em diversas regiões de Varginha”. Gledston também enfatiza que os horários e lotação dos coletivos estão sendo acompanhados pelo Departamento Municipal de Trânsito – Demutran, buscando sempre a melhoria dessa prestação de serviços e em atenção às reclamações e sugestão dos usuários.

Mas, em contrapartida, a própria população sofre com a ação de vândalos. Só nos últimos meses foram registrados danos no ponto central localizado na Praça Getúlio Vargas. O local, recém-inaugurado já teve vidros quebrados e até pichação. “O último vandalismo foi registrado na noite da última quinta-feira, 28, quando mais um vidro foi danificado”, conta Gledston.

O vandalismo se estende a ônibus que foram apedrejados na região do Bairro Carvalhos. A Prefeitura alerta que, todo vandalismo é prejudicial para a própria população que utiliza o transporte coletivo urbano.