• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Vacinação contra gripe é prorrogada; Prefeitura divulga dados em Varginha

Fonte: Ascom Prefeitura de Varginha/Foto Destaque: Reprodução CSul

A Prefeitura de Varginha, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que o Ministério da Saúde prorrogou a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza até o dia 30 de junho (o prazo venceria no dia 6). A iniciativa é válida para que as cidades que ainda não atingiram a meta de vacinar ao menos 90% dos grupos prioritários alcancem esse propósito.

A vacinação contra influenza contribuirá sobremaneira para a redução das complicações, das internações e, consequentemente, da mortalidade decorrente das infecções pelo vírus da gripe, nos grupos-alvo definidos, em especial frente a situação que o país enfrenta com a pandemia de coronavírus.

Dados parciais do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), no que se refere aos resultados da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, demonstram que foram vacinadas até 25/05 um quantitativo de 48.059.096 pessoas de um total de 77.728.419 de pessoas, com alcance de uma cobertura vacinal de 61,83%. A meta de cobertura vacinal (90%) foi alcançada para os grupos das pessoas com 60 anos ou mais de idade (113,3%) e trabalhadores da saúde (103,01%), entretanto, a cobertura vacinal ainda não foi alcançada para os grupos prioritários convocados na segunda e terceira fase desta Campanha.

Mesmo com os esforços pelas três esferas de gestão (município, estado e governo federal) para o alcance das coberturas adequadas na Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, até o momento, o país somente atingiu 90%, conforme disponível no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações, em 1.155 (20,73%) municípios.

As doses existentes devem continuar sendo destinadas aos grupos prioritários já elencados, para alcançar a meta de pelo menos 90%, como:

  • – adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas,
  • – população privada de liberdade,
  • – funcionários do sistema prisional,
  • – caminhoneiros, motorista e cobrador de transporte coletivo, portuários,
  • – povos indígenas,
  • – crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade,
  • – pessoas com deficiência,
  • – gestantes, puérperas até 45 dias,
  • – adultos de 55 a 59 anos de idade e
  • – professores das escolas públicas e privadas.
  • – pessoas de 60 anos e mais de idade,
  • – trabalhadores da saúde,
  • – profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Confira pontos de vacinação:

  • Cidade Nova (Rua Sabino de Oliveira, 35);
  • Centenário (Rua Josino Neri, 206);
  • Imaculada (Rua Francisco Ferreira Carvalho, 330);
  • Boa Vista (Rua José Teixeira de Rezende);
  • Policlínica Central (Rua Santa Catarina, s/n);
  • Canaã (Av. Estados Unidos, s/nº)

É necessário levar documentos e a carteira de vacinação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.