Natal 2015: Expectativa é de aumento de 7,5% no varejo em Varginha

O período de difícil de crise política e econômica vivenciado por todo país desde o início do ano, atingiu diretamente o varejo. Não é novidade, que as vendas vêm desacelerando dia após dia. Nesta segunda-feira (07), o Indicador Serasa Experian de atividade do comércio, foi apresentado pelo Serasa. De acordo com os dados, o movimento dos consumidores recuou 0,3%. Nem mesmo a “Black Friday”, foi capaz de salvar as atividades comerciais em novembro.  Ainda de acordo com o órgão, está é a sexta queda mensal consecutiva.

Varginha que não é uma ilha, também vem sentido e vivenciando esse reflexo da crise há meses. Assim como em todo país, as expectativas se concentram agora nas vendas de natal, que é a data comercial mais aguardada pelo varejo.

O vice presidente da Associação Comercial de Varginha – ACIV, Anderson Martins, comenta as estimativas para o varejo local; “Em relação a expectativa de vendas, eu imagino que devido ao ano difícil que passamos, um natal igual ao de 2014, já seria algo bom, um resultado interessante. A nossa intenção, é trabalhar para fazer um natal, pelo menos igual ao de 2014. O varejo vinha crescendo uma média de 7% ao ano, e agora só vemos queda, a verdade é que quem conseguir manter o patamar de vendas do ano anterior, já tem uma conquista”, afirma.

Segundo a ACIV, a expectativa de vendas neste Natal  2015, em Varginha,  é de 7,5% de crescimento em relação ao ano passado. Apesar da situação financeira que o país atravessa as pessoas não deixarão de realizar suas compras de Natal, porém a aposta será nas lembrancinhas.

No sentido de alavancar ainda mais as vendas locais, a ACIV está promovendo ações que estimulam os consumidores. Dentre essas, a campanha “Um Sonho de Natal” que sorteará uma casa, duas camionetes Amarok, um Fiat Pálio, duas motos, duas TV’s e três Celulares. A Cidade Natalina é outra iniciativa. Este projeto que tem como objetivo criar uma atração diferenciada para os consumidores está sendo pago totalmente pela ACIV, ficando a cargo do CDCA a sua elaboração.

O vice presidente da associação, Anderson Martins, destaca a importância das ações; “Esse concurso já tínhamos programado desde o início do ano e conseguimos por meio de parceria, melhorar ainda mais. Essas ações são importantes para que os comerciantes  recuperem as vendas no período natalino. Com as promoções, a tendência é que os consumidores prestigiem o varejo municipal”, afirmou.

comércio

comércioo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.