• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Mais de 85 mil famílias são beneficiadas com Tarifa Social da Copasa, em Varginha e região

Levantamento realizado pela Companhia aponta que, de janeiro a julho de 2023, mais de 13 mil novas famílias aderiram ao programa social  

Foto: Copasa / Divulgação

A Tarifa Social é um benefício que reduz o valor das faturas e possibilita que as famílias de baixa renda tenham acesso à água tratada e a destinação correta do esgoto. Não por acaso, a iniciativa tem ajudado milhares de pessoas mensalmente em todo o Estado. 

Nas regiões do Sul e Sudoeste, que abrangem 94 municípios das regiões de Pouso Alegre, São Sebastião do Paraíso e Varginha, de acordo com um levantamento realizado pela Copasa, existem atualmente 86.840 famílias cadastradas regularmente no programa.  

Nos primeiros seis meses do ano, são mais 13.775 famílias beneficiadas. Somente nas três cidades sedes das gerências regionais da Companhia no Sul e Sudoeste, foram 2.423 famílias, sendo Pouso Alegre com mais 957 famílias; São Sebastião do Paraíso com mais 604 e Varginha com mais 862.  

Para solicitar a Tarifa Social, o cliente deve estar cadastrado na categoria residencial, possuir renda per capita de até meio salário mínimo por pessoa que vive no mesmo imóvel e estar inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) – um sistema do governo federal que reúne informações sobre as famílias de baixa renda. 

“O benefício da tarifa social representa um desconto de 50%, limitado às tarifas da faixa de consumo até 20m³ da categoria social. Em casos que o volume exceder será aplicada a mesma tarifa da categoria residencial”, explicou o supervisor comercial da Copasa, Cesar Francisco de Morais. 

Como solicitar a Tarifa Social 

Para se inscrever ou atualizar o cadastro no CadÚnico, o usuário deve procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) mais próximo, munido de CPF ou Título de Eleitor, documento de identificação de cada membro da família que more na mesma casa, comprovante de renda e de residência. 

Feita a inscrição no CadÚnico, ele deve procurar a Copasa e apresentar RG, CPF, Título de Eleitor, NIS (Número de Inscrição Social), Código Familiar (está no documento denominado Folha Resumo Cadastro Único) e a última conta de água.  

Erica Aparecida da Silva, assistente social, destaca como a Tarifa Social auxilia diversas famílias. “Os anos que antecederam a chegada desse benefício, eram marcados por famílias preocupadas em decidir se pagariam pelo consumo de água, alimentação básica ou outras necessidades mais urgentes. A Tarifa Social trouxe mais segurança de acesso ao serviço de fornecimento de água e esgoto, a garantia de saúde e bem estar e a aplicação dos benefícios sociais em outras áreas que são relevantes para a vida diária.”  

A solicitação pode ser feita pelo site www.copasa.com.br ou pelo WhatsApp (31) 9 9770-7000, que funciona das 8h às 16h, de segunda a sexta- 

feira, com exceção de feriados ou presencialmente, nas agências de atendimento da Copasa – para consultar o horário de funcionamento de uma agência mais próxima, acesse o link: Copasa – Agência Virtual (copasaportalprd.azurewebsites.net). 

É importante que os dados do CadÚnico sejam atualizados periodicamente, pois a não atualização das informações pode acarretar na perda da Tarifa Social. 

Fonte: Copasa