• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Começa a Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio dos setores de Atenção Básica e Epidemiologia, inicia a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite (Paralisia Infantil) e Sarampo na próxima segunda-feira (6).

Varginha vai adotar estratégia nova esse ano, através da antecipação da campanha que acontecerá neste sábado (4).

Além da vacinação, será realizada ainda a atualização da Caderneta de Vacinação das Crianças.

A Campanha Nacional segue até o dia 31 de agosto. O dia “D” vai acontecer no sábado, dia 18/08.

Segundo o Ministério da Saúde, apesar dos esforços empreendidos desde o início do programa de eliminação da doença, nos últimos anos, casos de sarampo têm sido reportados em várias partes do mundo e segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), muitos países permanecem endêmicos para o sarampo, principalmente aqueles com baixa cobertura vacinal e bolsões de não vacinados.

Desse modo, reforça-se a necessidade da realização da campanha contra a poliomielite e contra o sarampo, a fim de captar crianças ainda não vacinadas ou que não obtiveram resposta imunológica satisfatória à vacinação, minimizando o risco de adoecimento dessas crianças e, consequentemente, reduzindo ou eliminando os bolsões de não vacinados.

Diante deste quadro mundial, há necessidade da união de esforços para manutenção do país livre dessas doenças.

A Campanha tem como objetivo manter elevada cobertura vacinal contra a poliomielite nos municípios, visando evitar a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite, bem como vacinar os menores de cinco anos de idade contra o sarampo, caxumba e a rubéola, para manter o estado de eliminação dessas doenças no país.

A população alvo para vacinar indiscriminadamente contra o sarampo e a poliomielite são as crianças de um ano até quatro anos 11 meses e 29 dias, portanto, representarão aproximadamente 6.308 crianças (100%), em Varginha. A meta é vacinar no mínimo 95% dessas crianças.

Estratégia

  • Toda população alvo deverá ser levada a um posto de vacinação para que a caderneta seja avaliada e o esquema vacinal atualizado de acordo com a situação encontrada.
  • Estarão disponíveis para esta ação todas as vacinas do calendário nacional de vacinação.
  • A campanha contra poliomielite e sarampo terá como estratégia a vacinação indiscriminada para crianças de um ano até quatro anos 11 meses e 29 dias.
  • Para maior adesão à vacinação das crianças, ações de divulgação e mobilização social à população serão realizadas.

Pais e responsáveis devem ser incentivados a trazerem a caderneta de saúde da criança para uma avaliação criteriosa da situação vacinal. A caderneta é um documento pessoal e deve acompanhar a criança a todo o momento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.