Com pandemia, empresários de Varginha e região pedem menos juros e mais crédito

Medidas foram defendidas por empresários, comerciantes e políticos que participaram, na manhã desta segunda-feira (19), de dois encontros regionais do Recomeça Minas, realizados virtualmente e que tiveram como base, por exemplo, as cidades-polo de Varginha.

Redução ou mesmo o fim de juros e de multas para regularizar o pagamento de impostos e facilidades na obtenção de créditos para a retomada da economia de Minas Gerais, atingida pela pandemia de Covid-19; além do início do pagamento das dívidas parceladas somente no ano que vem.

Essas foram algumas das medidas defendidas por empresários, comerciantes e políticos que participaram, na manhã desta segunda-feira (19), de dois encontros regionais do Recomeça Minas, realizados virtualmente e que tiveram como base as cidades-polo de Varginha (Sul de Minas) e Juiz de Fora (Zona da Mata).

Plano da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para incentivar a recuperação econômica do Estado, o Recomeça Minas está contido no Projeto de Lei (PL) 2.442/21, em análise no Legislativo.

Com o objetivo recolher sugestões da sociedade para o aperfeiçoamento do projeto, desde a última quinta (15), estão sendo realizados 15 encontros regionais. A programação termina nesta terça (20).

Os participantes dos dois encontros da manhã foram unânimes em defender que a vacinação seja acelerada e em elogiar o PL 2.442/21, que tem o presidente da Assembleia, deputado Agostinho Patrus (PV), como primeiro signatário, e que prevê a redução de multas e juros de impostos para regularização das dívidas e, ao mesmo tempo, a utilização desses recursos gerados no socorro aos setores mais atingidos pela pandemia.

Fonte: ALMG/Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.