• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Central Única das Favelas chega em Varginha

O evento acontecerá no auditório do SEBRAE na Praça Doutor Naylor Salles Gontijo, 160 – Vila Pinto, a partir das 13h30.

Foto: Prefeitura de Varginha

A Central Única das Favelas (CUFA) inaugurou suas atividades em Varginha. E para celebrar esse momento importante em Varginha, será realizado um evento que já faz sucesso em outras localidades de Minas Gerais!

O evento acontecerá no auditório do SEBRAE na Praça Doutor Naylor Salles Gontijo, 160 – Vila Pinto, a partir das 13h30.

O ‘Empreender É Ressignificar’ é um evento que trata de empoderamento por vias econômicas, incentivando a autonomia, dignidade e o poder de escolha, principalmente de mulheres negras.

A iniciativa foi idealizada por Marciele Deldeque, que realizará a Palestra Magna do evento, ela é a atual presidente da Cufa Minas e fundadora da rede Mariana Mulheres, projeto com destaque internacional, que levou Marciele a receber o prêmio Women BRICS e também o destaque, em 2023, da Embaixada dos EUA no Brasil como uma das mulheres brasileiras que fazem a diferença.

O evento também contará com a presença de outras mulheres inspiradoras:

  • Tati Nefertari: idealizadora da Biblioteca Comunitária Assata Shakur e também do ‘Quilombo Seu Gustavo’, a pedagoga fará uma palestra sobre a importância da leitura de autores negros;

Painel sobre Afroempreendedorismo na Moda e na Estética:

  • Valérie Anauá: estilista expoente no cenário nacional, criadora da marca @guettosa_ e integrante do coletivo @mpifposse.
  • Rayane Geisa Hair: trancista que lidera o seu segmento de mercado na cidade de Varginha.
  • Cleidinha Studio: especialista em sobrancelhas naturais e ministra curso de designer de sobrancelhas em Varginha.
  • Nicole Costa: manicure de grande destaque em Varginha.

Para abertura do evento, teremos a presença de uma das vozes mais marcantes da cidade: Estaphanie Nascimento (@estephanieoficial) interpretando vozes negras. Além disso, haverá várias manifestações culturais, incluindo batalhas de rima e dança.

Fonte: Prefeitura de Varginha