UNIFAL-MG abre chamada pública para viabilizar ações de enfrentamento da Covid-19

A UNIFAL-MG, por meio da Fundação de Apoio à Cultura, Ensino, Pesquisa e Extensão de Alfenas- Facepe, publicou uma chamada pública para estabelecer novas parcerias com entidades públicas, empresas e pessoas físicas. O edital, publicado na quinta-feira (8), visa obter recursos financeiros e insumos para subsidiar projetos de pesquisa e de extensão da Universidade, envolvidos diretamente no enfrentamento e prevenção à pandemia de Covid-19. Para participar, as organizações e pessoas físicas devem encaminhar uma proposta de apoio conforme modelo disponível no link: https://bit.ly/3ceFllh.

No edital, a UNIFAL-MG cita alguns materiais que podem ser oferecidos em doação. Alguns, como álcool 70% (líquido ou gel) e sabonete líquido serão envazados para doação ao sistema público de saúde. Outros, como tecido em TNT, elásticos, folhas de acetato serão utilizados para produção de máscaras de proteção em tecido e protetores faciais tipo face shield.

As máscaras de tecido serão produzidas no âmbito do projeto de extensão Máscaras que Abraçam, coordenado pelas professoras Giovana de Fátima Lima Martins, Claudia Torres e Mariane Gonçalves dos Santos, do Instituto de Química da UNIFAL-MG. A ação é desenvolvida com a parceria de costureiras voluntárias da cidade e a produção será revertida para a Santa Casa de Alfenas. “Considerando as dificuldades na compra de EPIs, a máscara de tecido é uma proteção alternativa para os colaboradores da limpeza, atendentes de ala, acompanhantes de crianças e idosos, dentre outros”, explica Giovana Martins.

O edital também prevê doações de matérias-primas para produção de álcool gel nos laboratórios de ensino e pesquisa da UNIFAL-MG. Esses laboratórios atendem as determinações sanitárias e, devido a suspensão do calendário acadêmico, não estão sendo utilizados para aulas.  O processo de produção envolve servidores, profissionais terceirizados e estudantes voluntários. A supervisão é realizada pela Farmácia Universitária da UNIFAL-MG.

De acordo com o professor Tiago Marques dos Reis, docente da Faculdade de Ciências Farmacêuticas e chefe da Farmácia Universitária, desse trabalho, que também envolve docentes e discentes do Programa de Pós-Graduação em Química, poderão ser realizados estudos para possíveis melhorias nas formulações. Toda produção de álcool será analisada pelo Núcleo de Controle de Qualidade para certificação da qualidade do produto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.