• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Receita Federal em parceria com a UNA inauguram o 500º Núcleo de Apoio Fiscal do Brasil

A cerimônia será no dia 23 de outubro, às 19h, na sede da UNA em Pouso Alegre.

Foto: CSul.

No dia 23 de novembro, a Receita Federal e o Centro Universitário UNA inauguram o 500º Núcleo de Apoio Fiscal – NAF no Brasil. A inauguração acontece às 19 horas no campus da UNA, situado na Rua João Basílio, 420, no centro em Pouso Alegre. Haverá também transmissão ao vivo, pelo YouTube,aqui.

Com a inauguração do NAF da UNA, são 43 NAF nas instituições de ensino parceiras na região da Delegacia da Receita Federal no sul de Minas, que contempla 158 municípios. No Brasil, este é o 500º NAF. Os atendimentos do NAF na Una serão iniciados em março de 2023.

Estarão presentes na inauguração o idealizador do projeto NAF auditor-fiscal Clóvis Belbute Peres, o Delegado da Receita Federal no Sul de Minas, auditor-fiscal Eduardo Antônio Costa e outras autoridades da instituição. Pela Una, o Diretor do Campus, Vinícius Vieira Costa, o Gerente de Campus, José Luiz Budai e a Coordenadora dos cursos de Gestão e Direito, Roberta Manfron de Paula.

O delegado da Receita Federal em Varginha, auditor-fiscal Eduardo Antônio Costa, ressalta a importância do acordo: “O Acordo de Cooperação Técnica assinado entre a Receita Federal e a UNA vai propiciar aos alunos e professores o acesso a uma qualificação profissional diferenciada, por treinamentos presenciais e à distância ofertados pelos instrutores da própria Receita Federal. Assim, estes alunos poderão realizar atendimentos à população carente e ao microempreendedor individual (MEI), visando colocar em prática, em prol da sociedade, o conhecimento adquirido. Reforçamos que o principal objetivo do NAF é contribuir para a melhor formação do acadêmico e prover a comunidade hipossuficiente de um atendimento na área tributária, fiscal e, também, no comércio internacional, no caso específico do Microempreendedor Individual (MEI). Por isso, é necessário alinhar teoria e prática na formação profissional, buscando sempre capacitar este aluno para o mercado de trabalho”.

“O acordo de colaboração técnica firmado junto a Receita Federal para a implementação do NAF na Una em Pouso Alegre é um grande passo em nossa história, porque traz novas possibilidades aos nossos docentes em explorar diversas ações. De conteúdos em nossas unidades curriculares a projetos de extensão e pesquisa, focamos sempre na capacitação de nossos alunos, que veem o aprendizado acadêmico teórico na prática. Com isso, os estudantes dos cursos da área de Gestão e Direito aproximam-se da comunidade realizando atendimentos de diversos serviços voltados à população de baixa renda e empresas do terceiro setor”, afirma Vinícius Vieira Costa, Diretor do Campus da Una em Pouso Alegre.

Sobre o NAF

O NAF é um acordo de cooperação entre a Receita Federal e Instituições de Ensino que busca disponibilizar orientação tributária e fiscal pelos estudantes universitários a pessoas físicas de baixa renda, bem como a microempresas, microempreendedores individuais e entidades sem fins lucrativos. O acordo é também importante elemento da prática profissional para os alunos de Ciências Contábeis, Administração, Direito, Relações internacionais, Ciências Econômicas e Comércio exterior.

O objetivo da Receita Federal com a implantação do NAF, em parceria com as instituições de ensino superior, como exemplo a Una, é promover uma melhor qualificação dos acadêmicos, disponibilizar a prestação de serviços tributários e fiscais aos contribuintes carentes e desenvolver a moral tributária e a cidadania na sociedade.

“O NAF traz benefícios para todos os parceiros envolvidos no projeto: a Receita Federal, a sociedade, a instituição de ensino e os alunos. A Receita Federal dissemina o conhecimento fiscal, contribuindo para a diretriz internacional de melhoria contínua de programas de assistência tributária. Os contribuintes que não têm acesso ao serviço de um profissional especializado no assunto conseguem obter orientação tributária e fiscal de forma gratuita. Os estudantes chegam mais capacitados ao mercado de trabalho. E as instituições de ensino formam melhores profissionais e aumentam o envolvimento com a comunidade”, reafirma Eduardo.

Fonte: Receita Federal.