Mutirões reforçam combate ao Aedes aegypti em bairros de Pouso Alegre

Mais de 900 caminhões carregados de lixo e entulho já foram recolhidos em 45 bairros de Pouso Alegre, em nove meses de mutirão contra o Aedes aegypti. Na cidade, o número de casos de dengue, uma das doenças transmitidas pelo mosquito, já passa de 640 apenas em 2015.

Armários, telhas e até colchões. Tudo pode virar foco de proliferação do mosquito. Na casa de Ângela Maria Gonçalves, o agente de saúde encontrou plástico acumulando água. “Mas a chuva, né? A gente faz o que pode”, argumentou, surpresa por descobrir que mesmo um material usado para cobrir outros objetos pode gerar um problema imenso para ela e os vizinhos.

O eletricista Celso sabe bem o que é isso. Na rua onde ele mora, no Bairro Primavera, 10 pessoas já tiveram dengue, inclusive ele. “Derruba a pessoa”, comenta sobre a doença. “Tem muitas casa que não cuidam [do combate aos focos]. Os próprios vizinhos não cuidam”, observa.

Para reforçar o trabalho de combate ao Aedes aegypti, a Prefeitura de Pouso Alegre disponibiliza profissionais para darem palestras e aplicarem larvicidas nos imóveis. Para requisitar esses serviços, basta ligar no (35) 3449-4913.

Militares do 14º GAC também participam das ações. Além de orientar, quase 200 soldados ainda passam por treinamento para ajudar no mutirão.

_108

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.