Expocafé 2022 tem modelo e datas definidas

Neste ano, a principal feira da cafeicultura nacional será entre os dias 25 a 27/5, no Campo Experimental da Epamig de Três Pontas, no Sul de Minas.

O Conselho Gestor da Expocafé definiu as datas e o modelo do evento em 2022. Neste ano, a principal feira da cafeicultura nacional será entre os dias 25 a 27/5, no Campo Experimental da Epamig de Três Pontas, no Sul de Minas. Para participar, o público e os expositores deverão respeitar os protocolos sanitários de prevenção à covid-19.

Ainda segundo a organização, as negociações de estandes já estão em andamento. Empresas interessadas deverão entrar em contato pelos e-mails comerciais antonio.expocafe@epamig.br ou antonio.expocafe@epamig.br.

No dia 24/5, um dia antes da abertura oficial da feira, haverá o 11º Simpósio de Mecanização da Lavoura Cafeeira, também no Campo da Epamig de Três Pontas (MG). O Simpósio, que reúne pesquisadores, professores, técnicos, produtores e estudantes, é exclusivo para participantes previamente inscritos.

Além do modelo presencial, a Expocafé 2022 também será realizada em ambiente virtual. Entre os dias 16 e 20/5, uma semana antes da feira, vai ao ar o Encontro técnico, destinado a participantes com inscrição prévia.

A Expocafé é uma realização da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e do Governo de Minas Gerais em parceria com a Prefeitura de Três Pontas, Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel), Universidade Federal de Lavras (Ufla), Emater-MG e Consórcio Pesquisa Café.

Sobre a Expocafé

A primeira edição da Expocafé foi organizada pela Universidade Federal de Lavras (Ufla), em 1988. A partir de 2010, a organização passou para a Epamig, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), com o apoio de empresas parceiras.

Antes da pandemia de covid-19, as quatro última edições da Expocafé movimentaram cerca de 200 milhões de reais por ano. Em 2016 e 2017, o evento contou com a participação de 130 empresas de tecnologias, secadores, tratores, roçadeiras, adubadeiras, plantadeiras, podadeiras, derriçadeiras, além de softwares e serviços para o setor cafeeiro. Em 2018, o número de empresas saltou para 160.

Já na edição de 2019, ano de quebra de recordes de números, o coordenador de negócios da feira, Antônio Fernando, conta que a mostra teve um crescimento de 6% no número de expositores, sendo que das 170 empresas participantes, 31 eram estreantes. Além disso, a área útil da feira aumentou de 12 para 14 mil metros quadrados.

Em 2020 e 2021 a Expocafé foi inteiramente realizada no formato virtual devido às limitações impostas pela covid-19. Em 2022, com a melhora nos indicadores e de acordo com as recomendações de autoridades sanitárias, a Expocafé voltará a ser realizada presencialmente, mas sem deixar de lado os ambientes virtuais.

Fonte: Agência Minas/Foto: Erasmo Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.