• (35) 2105-5555
  • csul@correiodosul.com
  • Rua Marcelino Rezende, 26 - Parque Catanduvas

Dia de Santa Cruz primeira grande manifestação da programação cultural da festa de São Bento

Primeira grande manifestação da programação cultural da Festa de São Benedito, o Dia de Santa Cruz é celebrado em 3 de maio. Depois de dois anos sem a presença de público, a cerimônia de abertura da Capela de Santa Cruz, nas imediações do Complexo Santa Cruz, no bairro dos Funcionários (Rua Cirilo Silva, s/n), será realizada nesta terça-feira (3), às 19h.

Os Ternos de Congos farão a cerimônia de abertura da Capela de Santa Cruz, com a tradicional bênção dos mastros, seguindo em cortejo até a Capela de São Benedito, onde os mastros serão hasteados sob queima de fogos silenciosa, de acordo com a legislação vigente.

“As Congadas vão fazer suas orações na Capelinha de Santa Cruz. Os mastros sempre saem de lá. Cada Congada canta uma música e faz a sua oração, suas preces e agradecimentos”, explica a presidente da Associação de Ternos de Congos e Caiapós de Poços de Caldas, Lilia Clementino. “Depois, sairemos em cortejo, passando na Igreja Matriz para pegar a imagem de Nossa Senhora do Rosário e seguindo para a Capela de São Benedito”, conta.

Dia de Santa Cruz
Tradição de fé, especialmente em Minas Gerais, o Dia de Santa Cruz remonta à data em que a Cruz de Cristo teria sido encontrada. Em diversos municípios mineiros, a herança cultural de enfeitar as cruzes permanece, especialmente nas cidades históricas.

“O dia 3 é uma data simbólica com grande tradição em cidades de Minas Gerais e é uma referência ao dia que teria sido encontrada a Cruz de Cristo. É um dia para se pedir boas energias, quando se enfeitam as cruzes em lugares altos das cidades com flores, fitas e laços nessa reverência à Cruz. Em Poços, o que temos de história é que a tradição foi trazida para a cidade pela Dona Orlanda da Conceição, capitã do Terno de Congo São Jerônimo e Santa Bárbara, que trouxe das raízes da sua família e passou a fazer essa celebração também aqui”, conta o secretário municipal de Cultura, Gustavo Dutra.

Foto antiga da fachada da Capela de Santa Cruz

A capela
No ano de 1895, Fernandes José Lopes pediu autorização para construir uma igreja dedicada à Santa Cruz no morro onde, tradicionalmente, havia peregrinações religiosas. A edificação da Capela de Santa Cruz seguiu uma tradição mineira e marcou o início de uma das mais significativas festas religiosas do município: a Festa de Santa Cruz, celebrada a 3 de maio pela Igreja Católica, mais tarde integrada à tradicional Festa de São Benedito.

Programação religiosa, cultural e artística da Festa de São Benedito 2022

Até 12/5 -19h – Missa e Trezena em Louvor a São Benedito – Capela de São Benedito

Dia 3/5 – Dia de Santa Cruz
19h – Cerimônia de abertura da Capela de Santa Cruz, com bênção dos mastros, seguindo em cortejo até a Capela de São Benedito para o hasteamento dos mastros e queima de fogos silenciosa

Dia 11/5 – Dia do Caiapó
13h – Almoço especial para os integrantes dos Ternos de Congos e Caiapós em comemoração ao Dia do Caiapó – Restaurante Popular
16h – Retirada dos Caiapós do Mato, na Fonte dos Amores, com cortejo pelas ruas centrais até a Capela de São Benedito
19h – Missa especial em homenagem ao Dia do Caiapó – Capela de São Benedito

Dia 12/5
19h – Missa festiva da Associação dos Ternos de Congos e Caiapós de Poços de Caldas, seguida por apresentação dos grupos no pátio – Capela de São Benedito

Dia 13/5
9h – Procissão seguida de Missa Solene no pátio – Capela de São Benedito

Dia 14/5 até 3/7
Exposição “Viva São Benedito” – Museu Histórico e Geográfico

Dia 21/5
15h – Roda de Conversa com o tema “São Benedito e Poços de Caldas” – Museu Histórico e Geográfico

Dia 22/5
10h – Encontro dos Ternos de Congos e Caiapós – Museu Histórico e Geográfico.

Fonte e foto: Prefeitura de Poços de Caldas