Hora do Empreendedor com Ibraim Gustavo – Anitta chega para o conselho administrativo do Nubank

Anitta no Nubank vai agregar com marketing, experiência, empreendedorismo e inovação. Cantora terá papel fundamental na satisfação do cliente

Não é só de Warren Buffett que se faz um bom negócio. Isso ficou claro quando o Nubank, maior startup brasileira, anunciou a chegada de Anitta para o conselho administrativo do banco.

O ingresso da cantora, diferentemente do que podem pensar, vai muito além de publicidade e propagação da marca. Anitta terá um papel fundamental na empresa.

Fintechs são feitas para o público

Vamos direto ao ponto. As empresas tradicionais lideram o índice trimestral de reclamações das instituições financeiras do Brasil, promovido pelo Banco Central.

Nos três primeiros meses de 2021, Banco PAN, Banco Inter e Caixa Econômica Federal lideram a lista de reclamações.

Na sequência encontram-se outros bancos famosos, entre eles:

  • Santander
  • Bradesco
  • Banco do Brasil
  • Itaú

A semelhança entre todos eles é que são empresas que existem há décadas, e no caso do BB, há dois séculos.

Toda essa experiência secular não resolve os principais problemas para os clientes, que seguem reclamando, e migrando cada vez mais para os bancos digitais.

É aí que surgem as fintechs, para resolver problemas básicos, essencialmente com o uso da tecnologia e da automação.

Diferentemente dos bancos tradicionais, uma fintech precisa, obrigatoriamente, ver, ouvir, conhecer o problema, e colocar em prática as soluções e os desejos dos consumidores.

Enquanto outras instituições têm o capital e o aumento do lucro no centro de suas ações, as fintechs, assim como toda startup, colocam o cliente como centro de suas atividades.

Anitta no conselho administrativo do Nubank

Eis que surge a figura da cantora e uma das maiores artistas pops da América Latina, e, a despeito das preferências pessoais de cada indivíduo, com reconhecimento internacional.

A presença de Anitta no conselho administrativo do Nubank, a maior startup brasileira e a sétima mais valiosa do planeta, é um tiro certeiro.

O Nubank é considerada pelo público a melhor instituição financeira do Brasil. E quer manter este posto.

Como? Justamente com o anúncio de Anitta para o conselho que está diretamente ligado com a tomada de decisões voltadas para o público.

Ninguém melhor que Anitta para saber como uma instituição financeira que quer atingir cada vez mais o público deve se comportar.

Anitta conhece o dia-a-dia das pessoas, tem uma estrutura de marketing, pesquisa e satisfação do público extremamente profissional.

Sendo assim, tanto Anitta quanto o Nubank costumam dar tiros certeiros, sem desperdiçar munição.

A escolha por Anitta não foi aleatória, e não passa somente por uma decisão do marketing.

O mesmo Nubank que recebeu R$1,5 bilhão de Warren Buffett no início do mês, quer continuar compreendendo o público para criar mais e melhores ferramentas de solução para ele.

Portanto, junho é um mês mais que especial para o Nubank. Além do anúncio do aporte bilionário de Warren Buffett no início do mês, o banco digital anunciou a entrada da cantora Anitta para o seu conselho administrativo.

Segundo David Vélez, CEO e cofundador do Nubank, Anitta tem exatamente o que o banco precisa neste momento: “Anitta tem profundo conhecimento do comportamento dos consumidores nesses mercados que tem explorado”.

Além, é claro, de toda a expertise que possui em marketing: “[Anitta} tem muita experiência em estratégias de marketing vencedoras. Essas competências foram chave para a convidarmos para o Conselho”.

O Nubank não precisa de especialistas em finanças para se fazer acontecer. A fintech é especialista nisso.

A cantora e empresárias vai trabalhar ao lado de outras duas empreendedoras e especialistas de sucesso:

  • Anita Sands – professora da universidade americana de Princeton e ex-diretora de operações do banco suíço UBS;
  • Jacqueline Reses, ex-presidente da fintech Square e atual presidente do Conselho Consultivo Econômico do FED, o banco central norte-americano.

O papel de Anitta no Nubank

A artista não terá a função de desenvolver as melhores estratégias financeiras do grupo, que possui outros profissionais, extremamente capacitados para isso.

Anitta terá outro papel, igualmente importante: o de entender a cabeça do consumidor e conversar com os clientes para saber, diretamente deles, o que eles mais necessitam.

A própria artista já sabe qual será o seu papel: “Permitir que mais pessoas possam ter acesso a produtos financeiros, mesmo com pouco ou nenhum histórico de crédito é algo que eu acredito muito e que dialoga comigo exatamente pela minha história de vida”.

Segundo o Nubank, Anitta vai colaborar com um setor estratégico e fundamental da empresa, que é o sucesso do cliente.

Como membro do conselho administrativo do Nubank, Anitta terá a missão de ajudar a desenvolver produtos e comunicações cada vez mais focadas em empoderar as pessoas.

Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank conta que a inovação é o que aproxima a marca e a artista: “Anitta está reinventando a cena cultural nos últimos anos e compartilhamos do mesmo DNA de inovação”.

Para ela, Anitta entra no time para conversar com o público: “É uma empresária de sucesso que vai nos ajudar a aprimorar ainda mais os produtos para nossos clientes”.

Sem dúvida, o marketing da empresa ganha uma ajuda de extensão imensurável, mas outras áreas como CX, UX e customer success são ainda mais beneficiadas com a chegada de Anitta ao Nubank.

Ibraim Gustavo – Jornalista, pós-graduado em Marketing (UNIP) e MBA em Comunicação e Mídia (UNIP). É também escritor, redator e radialista, e possui formação em Profissões do Futuro (plataforma O Futuro das Coisas), e no programa Restartse (plataforma StartSe).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.