Saúde investiga 53 casos suspeitos de vírus da zika em Três Pontas

A Secretaria de Saúde de Três Pontas, está investigando 53 casos suspeitos do vírus da zika. Os pacientes tiveram os sintomas da doença, que são muito parecidos com os da dengue, portanto as duas hipóteses são avaliadas. O resultado dos exames deve ficar pronto em até 30 dias.

A família da técnica em enfermagem Ana Paula de Figueiredo foi diagnosticada com suspeita do vírus da zika. Na mesma semana, ela, o filho, a mãe e o pai dela tiveram que fazer o exame para confirmar a suspeita, e agora, vivem momentos de angústia e ansiedade. “Dá medo, porque dá muitas sequelas. Uma delas é a Síndrome de Guillain-Barré, que é o mais me preocupa no momento”, comenta.

O problema é que os sintomas do vírus da zika são muito parecidos com os da dengue. Com dor de cabeça, dores no corpo e a pele manchada de vermelho, o estudante Luiz Henrique Figueiredo Seixas estava certo que era dengue. “Me assustou [o diagnóstico], porque ninguém quer ter isso. É ruim esperar [o resultado], porque a gente fica preocupado demais”, conta.

Saúde investiga 53 casos suspeitos de vírus da zika em Três Pontas, MG (Foto: Reprodução EPTV)
Saúde investiga 53 casos suspeitos de vírus da zika em Três Pontas (Foto: Reprodução EPTV)

Atualmente, Três Pontas é a cidade que mais tem casos suspeitos do vírus da zika no Sul de Minas. Outros cinco casos são investigados em Perdões.

No ano passado, foram registrados 1.953 casos de dengue em Três Pontas, entre suspeitas, notificações e casos confirmados. Desde o início deste ano, a cidade já registrou 145 notificações. Desses, cinco foram confirmados como de dengue.

Nos casos de vírus da zika, a suspeita surge a partir da análise clínica do paciente feita pelo médico. “Nós não temos este alarde que as pessoas estão fazendo. Sem exame de laboratório, é impossível dizer que ela está com [a doença]. Nós não temos como tratar da pessoa sem [este exame], e por isso nós estamos encaminhando todos os pacientes pra este exame”, explica o prefeito da cidade, Paulo Luis Rabelo (PPS).

Sintomas
Os principais sintomas da doença provocada pelo vírus da zika são febre intermitente, erupções na pele, coceira e dor muscular. A evolução da doença costuma ser benigna e os sintomas geralmente desaparecem espontaneamente em um período de 3 até 7 dias. O quadro de zika é muito menos agressivo que o da dengue, por exemplo.

Tratamento
Não há vacina nem tratamento específico para a doença. Segundo informações do Ministério da Saúde, os casos devem ser tratados com o uso de paracetamol ou dipirona para controle da febre e da dor. Assim como na dengue, o uso de ácido acetilsalicílico (aspirina) deve ser evitado por causa do risco aumentado de hemorragias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.