Funcionários da Helibrás retornam ao trabalho, mas ainda há risco de greve

Funcionários da Helibrás decidiram voltar às atividades nesta sexta-feira (30), em Itajubá.Depois de cruzarem os braços nesta quinta-feira (29) devido a reivindicações trabalhistas, os funcionários fizeram uma assembleia por volta das 7h30 desta sexta-feira, voltando pelo retorno à fábrica. No entanto, eles estão em estado de greve.

Segundo a decisão da assembleia, a Helibrás tem um prazo de 48 h para fechar um acordo trabalhista sob risco de que as atividades na fábrica sejam interrompidas novamente. O sindicato informou que uma segunda manifestação está prevista para terça-feira (3).

Trabalhadores de manutenção, produção e mecânica da Helibrás fizeram uma manifestação em frente ao portão da fábrica em Itajubá, na manhã desta quinta-feira e paralisaram os trabalhos porque, de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, não houve acordo quanto à participação nos lucros e resultados da empresa (PLR). A proposta de aumento salarial de 6% sem abono oferecida também desagradou a categoria.

A Helibrás tem 639 funcionários e é a única fabricante de helicópteros do Brasil. A empresa também está com projeto para a construção do primeiro helicóptero 100% nacional. Na manifestação desta quinta-feira, o Sindicato dos Metalúrgicos informou que cerca de 300 pessoas se manifestaram, enquanto a Helibrás confirmou apenas 136 manifestantes.

20151029050929_1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.