Vida Viva recebe Moção de Aplauso na Câmara de Varginha

Na última segunda-feira (14), a Associação do Voluntariado de Varginha Vida Viva recebeu Moção de Aplauso na Câmara de Vereadores, pelos inestimáveis trabalhos realizados em prol dos pacientes oncológicos da cidade e de todo o Sul de Minas. Proposta foi indicada pelo presidente da Câmara, vereador Dudu Ottoni.

Em sua justificativa, Dudu ressaltou que “a moção foi uma forma de tornar público o reconhecimento desta casa legislativa aos relevantes trabalhos desenvolvidos pela Associação Vida Viva, que levam esperança e amparo aos pacientes e seus familiares, contribuindo para que tenham uma melhor qualidade de vida durante o tratamento contra o câncer”, disse.

Para a vice-presidente da associação e presidente fundadora, Meryvone Mansur Bíscaro, “há 24 anos, no dia 22 de julho, nós escrevemos o Vida Viva. Nosso principal objetivo é dar amor e carinho e receber os pacientes com dignidade e alegria. Fazemos de tudo para que o paciente se sinta bem e protegido”, disse.

Ainda de acordo com Meryvone, “essa moção representa pra nós um grande marco, porque é um reconhecimento da Câmara, por todos esses serviços prestados por todos esses anos e nós estamos nos atualizando. Nós estamos batalhando todos os dias para modernizar e estar dentro das leis, mas esse reconhecimento deu um impulso muito grande no Vida Viva”, concluiu.

Sobre a Vida Viva

Foi fundada em Varginha, em 22 de julho de 1996, por Lígia Inês Braga Reis e Meryvone Mansur Biscaro. Presta atendimento à aproximadamente 3.000 pacientes oncológicos de Varginha e de mais 202 municípios, que fazem tratamento no Hospital Bom Pastor. São 200 voluntárias envolvidas na associação.

A entidade possui títulos de utilidade Pública Municipal, Estadual e Federal. Sua missão é promover gratuitamente o atendimento assistencial aos pacientes oncológicos, de todas as faixas etárias. Além disso, acolhe com carinho, respeito e assim, o paciente pode ter uma melhor qualidade de vida durante seu tratamento.

Toda a arrecadação proveniente de doações, bazares e eventos são direcionadas às necessidades materiais e alimentares dos pacientes, como café da manhã, lanche da tarde, medicamentos, suplemento alimentar, cesta básica, fraldas, roupas, sapatos, produtos de higiene pessoal, toalha de banho, chinelos, perucas, turbantes, lenços, entre outros.

Oferece atendimento socioassistencial com profissionais de Serviço Social, Psicologia, Farmácia, Direito, além de possuir um espaço adequado para eventos com profissionais de Estética. Promove ainda atividades e ações nas datas comemorativas, como bingos, bazares, palestras, oficinas, encontros e muito mais.

De segunda à sexta-feira, serve café da manhã e lanche da tarde bem diversificado, com café, leite, chá, achocolatado, vitaminas, sucos, bolos, doces, pães, frutas e outros.

A associação também realiza empréstimo de equipamentos hospitalares, como cama hospitalar, cadeira de rodas e de banho, muletas, andadores e outros, de acordo com a necessidade de cada paciente.

É relevante destacar que a Vida Viva é uma das entidades de Minas Gerais escolhidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para participar de uma pesquisa para o Programa de Voluntários das Nações Unidas, e em 2018 foi convidada pelo “Minas Voluntários” e Federação Mineira de Fundações e Associações de Direito Privado (Fundamig), para correalizar o VI Forum Internacional do Voluntariado Transformador e os ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável/ONU), que aconteceu no dia 30/11/2018, com a participação de diversas autoridades da cidade de Varginha e região.

No referido ano, a associação conseguiu a renovação da Certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social (certificado de filantropia junto ao CEBAS).

Redação CSul – Ana Luisa Alves / Fotos: Câmara Municipal de Varginha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *