Veja o que funciona em Varginha após Onda Roxa

Conforme o decreto, serviços não essenciais, tais como, loja de roupas, calçados e acessórios, além de lojas de departamentos, magazines, auto escola, floriculturas e etc, estão autorizadas a seguir com as atividades nas modalidades de delivery, retirada e drive thru.

Redação CSul/Foto: Arquivo CSul

Em entrevista coletiva realizada na última segunda-feira (29), a prefeitura de Varginha, através do prefeito Vérdi Lúcio Melo, confirmou a entrada da cidade na “Onda Roxa”, do programa Minas Consciente.

Com isso, Varginha restringe uma série de atividades visando conter o avanço do novo coronavírus. Conforme o decreto, serviços não essenciais, tais como, loja de roupas, calçados e acessórios, além de lojas de departamentos, magazines, auto escola, floriculturas e etc, estão autorizadas a seguir com as atividades nas modalidades de delivery, retirada e drive thru.

Serviços não essenciais podem seguir com atividades em delivery, drive-thru e retirada/Foto: Reprodução CSul

A mesma medida se aplica ao setor alimentício, como restaurantes, bares e sorveterias. Ainda segundo o documento, serviços de hotelaria, hospedagem, pousadas e motéis estão autorizados somente para uso de trabalhadores de serviços essenciais, como residência ou local para isolamento em caso de suspeita ou confirmação de COVID-19.

Na cidade, seguem fechados serviços como: clubes e associações; academias e salões beleza/barbearias.

Em decreto, a Prefeitura de Varginha ressaltou que, segue proibida a distribuição, comercialização, assim como retirada ou entrega de bebida alcoólicas aos fins de semana. Eventos que causem aglomeração tamém estão suspensos, assim como a locação de casas para eventos, sítios e salões de festa.

Vale ressaltar que as medidas podem sofrer alterações a qualquer momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.