Varginhenses entregam 51 animais silvestres durante campanha

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Varginha realizou uma campanha de devolução voluntária de animais silvestres na cidade. Ao todo, 51 animais foram entregues na campanha. Eles passarão por triagem e depois serão devolvidos à natureza.

Devido ao afeto que os cuidadores criam com os animais, ficou difícil conter a emoção na hora da entrega. Foram 37 pessoas que participaram da ação, algumas delas estavam com os animais há décadas. Para a coordenadora regional de proteção à fauna da IEF, Danielle Andery, mesmo difícil, esta é a decisão correta.

“É uma campanha legal, considerando que a gente atingiu mais a cidade de Varginha em si. Como foi a primeira que a gente fez aqui no Sul de Minas, vai funcionar como piloto para a gente poder aprimorar cada vez mais e talvez chegar a um número maior ainda de animais”, explica Danielle.

A criação de animais silvestres é ilegal e pode render multa de até R$ 10 mil por espécie. Entre os animais entregues, estão 32 maritacas comuns, duas jandaias, além de papagaios, um tucano, jabutis e até tigres d’água, uma espécie de cágado que possui as cores do felino na barriga. De acordo com Danielle, “esses animais aqui deixaram de desenvolver o seu papel na natureza e parte deles vão voltar a desenvolver quando reabilitados e soltos novamente”, concluiu.

A campanha também buscou promover a educação ambiental, conscientizando a população sobre os riscos causados pela retirada dos animais da fauna silvestre nativa de seu habitat e reforçando que o papel dos órgãos fiscalizadores é garantir a manutenção de um meio ambiente ecologicamente equilibrado, e não a restrição dos direitos individuais.

Em razão da entrega voluntária destes animais, aproximadamente meio milhão de reais em multas não precisaram ser aplicadas, fortalecendo e corroborando as premissas da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável na promoção da qualidade ambiental através da educação ambiental.

A campanha terminou, mas outras pessoas que ainda queiram entregar seus animais podem procurar centros para recepção dos animais localizados em Montes Claros, Juiz de Fora ou Belo Horizonte. Para denunciar a presença de animais silvestres em cativeiro é só ligar no telefone 155 ou entrar no site oficial do Governo de MG.

Fonte: MPMG / Fotos: Supram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *