Varginha tem saldo positivo de empregos

Varginha fechou junho com saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada, de acordo com CAGED

Redação CSul/Foto: Flickr

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, divulgado nesta terça-feira (28), depois de uma sequência negativa, Varginha fechou o mês de junho com saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. Em junho foram 1.027 contratações contra 992 demissões, saldo de 35 vagas.

O setor que mais contribuiu para o saldo positivo em junho foi o de serviços, com saldo de 67 vagas, seguido pelo comércio com 20 vagas. Os setores de agropecuária e indústria fecharam com saldo negativo, 15 e 37 respectivamente.

No total foram 1.027 admissões, 992 desligamentos e um saldo de 35.
Mesmo com o saldo positivo em junho, no acumulado do ano a cidade segue com saldo negativo de -1.737, segunda pior marca da região, atrás apenas de Poços de Caldas com -4559.

Na região, Varginha, Três Pontas e Passos foram as únicas com saldo positivo no mês de junho. Poços de Caldas foi a cidade que mais fechou postos de trabalho no mês, com 1.419 demissões, e teve o pior saldo, com -549 vagas. Na sequência vem Itajubá com 551 demissões e saldo de -266. Três Corações vem em terceiro com 443 demissões e saldo de -215. Pouso Alegre vem na quarta colocação com 1143 demissões e saldo de -107.

As cinco cidades da região os piores resultados no seis primeiros meses de 2020:

  • Poços de Caldas: -4559
  • Varginha: -1737
  • Pouso Alegre: -1519
  • Itajubá: -846
  • São Lourenço: -764

No balanço de Varginha registrado entre janeiro de junho de 2020, foram 7.196 admissões, 8.933 desligamentos e um saldo de -1.737.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *