Varginha arrecadou R$ 44,7 milhões em impostos no primeiro semestre

Segundo dados divulgados pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), por meio do impostômetro, um banco de dados que permite consultar as informações de tributos dos municípios, do estado e do país, Varginha arrecadou R$ 44,7 milhões em impostos entre 1º de janeiro a 30 de junho deste ano. Em 2018, foram R$ 41,4 milhões no mesmo período.

Se comparada com as dez maiores cidades do Sul de Minas, Varginha ficou em terceiro lugar em arrecadações, perdendo apenas para Poços de Caldas (R$ 69,6 milhões) e Pouso Alegre (R$ 51,6 milhões).

Em seguida, em quarto lugar no ranking vem Lavras (R$ 28,6 milhões), São Sebastião do Paraíso (R$ 26,8 milhões), Passos (R$ 25,9 milhões), Alfenas (R$ 22,3 milhões), Itajubá (R$ 20,5 milhões), Três Corações (R$ 16,3 milhões) e Três Pontas (R$ 9,4 milhões).
Somadas, as dez maiores cidades da região arrecadaram R$315,7 milhões em impostos nos seis primeiros meses deste ano.

Segundo o Impostômetro, os principais tributos de arrecadação municipal são o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto Sore Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e o Imposto Sobre Transmissão de Bens e Imóveis (ITBI).

Impostômetro

Foi criado em 2005 e busca calcular o valor total de impostos, taxas, contribuições e multas que a população brasileira paga para a União, estados e municípios. O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do Impostômetro.

Na ferramenta, criada em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), é possível acompanhar quanto o país, os estados e os municípios estão arrecadando com tributos e também saber o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado.

Se comparada com as dez maiores cidades da região, Varginha ficou em 3º lugar em arrecadações. (Foto: Arquivo CSul)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *