Tuca Fernandes agita Banho da Dorotéia neste sábado

O artista Tuca Fernandes, um dos nomes mais celebrados da música baiana, será a grande atração do Carnaval antecipado de Varginha, neste sábado (23), das 16h às 23h, na Concha Acústica. Festa é uma realização da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Turismo.

Cantor e compositor de axé, Tuca Fernandes comandou o Jammil e Uma Noites. Possui diversos sucessos gravados em sua voz: “Milla”, “Ê Saudade”, “Chuva na Janela”, entre outros. Antes de cantar no Jammil, juntamente com seus atuais companheiros, era vocalista da banda Jheremmias Não Bate Corner.

“Preparamos uma festa de tirar o folego da galera, com desfile de blocos tradicionais da cidade, zumba com professores da Secretaria de Esporte – Semel, apresentação de grupos de dança e o tão esperado Banho de Espuma”, contou Barry Charles, secretário municipal de Turismo.

Para resguardar a segurança dos foliões, a festa contará com apoio da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Corpo de Bombeiros.

Sucesso de público

Ano passado, cerca de 15 mil pessoas participaram do Banho da Dorotéia. A alegria tomou conta da Praça do ET e a festa já entrou para o calendário festivo da cidade.

A grande atração da festa foi a banda Oba Oba Samba House, que fez a galera tirar o pé do chão até o encerramento. Para o vice-prefeito de Varginha, Vérdi Lúcio Melo, que acompanhou a festa da Concha Acústica, “foi tudo perfeito, bonito de ver pessoas de todas as idades se divertindo, num clima agradável, familiar, sem ocorrências policiais, comprovando o sucesso do nosso Carnaval antecipado”, ressaltou.

Lendas sobre a origem da festa

A principal lenda é a do Bar da Dorotéia. Era uma solteirona que tinha um boteco na esquina das avenidas Epitácio Pessoa e Bernardinho Campos, no Gonzaga – Canal 2 (praia tradicional de Santos). Como era o último bar a fechar, e lá estava Dorotéia com sua gorda carcaça e estridente sorriso à espera de quem quisesse a “saideira”, foi se transformando em um dos locais mais populares da cidade, isto ainda no alvorecer da década de 50.

Quando o Brasil ganhou sua primeira Copa, em 1958, Dorotéia fez uma festa em uma tarde de sábado, com comida e bebida de graça para os fregueses “íntimos da casa”. Teve gente que saiu carregado e o único jeito de consertar as coisas foi levar o pessoal para o mar para dar um banho e curar a ressaca.

O pessoal gostou da ideia e repetiu a dose no Carnaval. Institucionalizado o “Banho da Dorotéia”, ele foi antecipado para uma semana antes do Carnaval, para que as pessoas das escolas de samba também participassem. Hoje, Dorotéia não existe mais, nem o bar, mas o Banho continua tradicional.

Casa Amor e Vida

Durante a folia, a Casa Amor e Vida fará uma ação bacana na região das praças Getúlio Vargas e José de Rezende Paiva. Os voluntários vão se encontrar às 17h30, próximo à sede da associação.

Eles estarão usando blusa e calça branca. Serão distribuídos preservativos e panfletos aos foliões. Também estarão à disposição para falar sobre a importância da prevenção, tanto em relação ao sexo, quanto ao consumo de drogas. Equipe é formada por Gustavo, Leila, Thais, Everton, Cássio e Fernando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *