Servidores do INSS aderem a paralisação na região

Os servidores do Instituto Nacional de Seguridade Social- INSS, paralisaram as atividades em todo país, neste terça-feira (07). O movimento grevista atingiu pelo menos 20 das 25 cidades atendidas pelo órgão no Sul de Minas. Os servidores pedem reajuste salarial de 27,5%, além de melhorias nas condições de trabalho e no atendimento à população.

De acordo com o sindicato regional dos servidores do INSS, a greve chegou a 70% na região. As agências de de Campo Belo, Monte Santo de Minas, Guaxupé, Itajubá, Passos,São Lourenço, São Sebastião do Paraíso, São Gonçalo do Sapucaí, Santa Rita do Sapucaí e Nepomuceno, paralisaram integralmente.

Em Andradas, Caxambu e Varginha, a adesão ultrapassou 95%. Em Poços de Caldas, metade dos servidores paralisaram apoiando o movimento. Já em Pouso Alegre e Elói Mendes, apenas 40% dos servidores, paralisaram.

Segundo a diretora do comando, Maria Helena da Silva, aos poucos vai aumentando o número de servidores que estão aderindo ao movimento; “A nossa pauta foi enviada em fevereiro deste ano para o governo federal e, como ele não respondeu, nós não vimos outro caminho a não ser entrar em greve”, explicou.

DSC06229-1024x768

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *