Sagrado Coração e Figueira aderem a rede de vizinhos protegidos

A Rede de Proteção, um projeto da Polícia Militar em colaboração com a comunidade, tem obtido bons resultado em Varginha. Considerando o aumento da criminalidade na região e visando maior segurança do local, moradores dos bairros Sagrado Coração e Figueira são os novos adeptos da Rede de Proteção no município.

Recentemente eles receberam a primeira visita do Tenente Kleiser, militar que coordena o projeto em Varginha, para entender o funcionamento da Rede de Vizinhos Protegidos. Na ocasião, o Tenente explicou os passos para implantação. “O primeiro passo para implantação da rede é realmente as pessoas tomarem ciência do que é o projeto e como ele funciona. Para passar experiências de ruas, bairros e cidades em que já foi implantado este projeto, para que as pessoas se mobilizem e que possam se unir para ser dado início”.

Nesta primeira reunião, os moradores presentes puderam tirar suas dúvidas sobre como podem contribuir para o funcionamento da rede de forma eficiente, já que neste projeto tudo depende do entrosamento dos vizinhos, que também serão acompanhados pela Polícia Militar.

Ainda segundo o Tenente Kleiser, o canal oficial de comunicação da Polícia Militar continua sendo o 190, porém o whatsapp é um recurso extremamente prático para que os moradores possam se relacionar e compartilhar impressões sobre a situação do bairro. O Atendente da central de operações da Polícia Militar, também tem acesso ao grupo do whatsapp e pode tomar medidas preventivas necessárias.

A moradora e mobilizadora Cristiane de Souza, afirma que o índice de assalto na comunidade tem sido muito grande, devido a maioria dos moradores trabalharem o dia inteiro. Ela está buscando a colaboração de toda comunidade.

Rede-de-Vizinhos-Protegidos
Nesta primeira reunião, os moradores presentes puderam tirar suas dúvidas sobre como podem contribuir para o funcionamento da rede de forma eficiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *