Quaresma aquece mercado de peixe em Varginha

Com o início da Quaresma, os católicos têm por hábito aumentar o consumo de peixes, e os  supermercados e peixarias se organizam com antecedência para atender a demanda.

Em Varginha, segundo vendedora de uma peixaria na Avenida Francisco Navarra,  a expectativa é de que as vendas de pescados tenham aumento de até 40% neste período; “devido às crenças populares, o consumo aumenta nesta época. E nós nos preparamos para isso. Para este ano a perspectiva de vendas é boa, chegando a aumentar em 40% em comparação a outros períodos”.

E neste ano a notícia é boa; os preços dos peixes estão mais baixos em relação ao ano passado. O filé de tilápia, peixe mais procurado na região, está ate  R$10 mais barato. No ano passado, a tilápia chegava a custar até R$ 30, e esse ano, é  encontrada por até  R$20. O filé de pescada também teve a mesma redução. Em 2016 ele podia ser encontrado por até R$ 28, e neste ano, o preço mais alto é de R$ 25.

Já outros peixes estão um pouco mais caros este ano, mas na comparação com 2016, a variação de preço entre as peixarias está menor este ano. No ano passado, o cação custava entre R$ 18 e R$ 26, e neste ano, o preço fica entre R$ 19,50 e R$ 20. O filé de merluza era encontrado em 2016 por valores entre R$ 14,90 até R$ 28, e este ano, está entre R$ 22,90 e R$ 24. Já o surubim manteve uma média de preço em R$ 29,50, mesmo valor que em 2016.

Em comparação com 2016, pescados estão mais baratos
Em comparação com 2016, pescados estão mais baratos

 

Em Varginha, segundo vendedora de uma peixaria na Avenida Francisco Navarra,  a expectativa é de que as vendas de pescados tenham aumento de até 40% neste período
Em Varginha, segundo vendedora de uma peixaria na Avenida Francisco Navarra, a expectativa é de que as vendas de pescados tenham aumento de até 40% neste período

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *