Prefeitura conta com quatro CIPAs em três secretarias e na UPA

Existem algumas medidas que ajudam a prevenção de acidentes de trabalho. Uma delas é a criação de uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA).
A necessidade de uma comissão na prevenção de acidentes surgiu após a revolução industrial, quando houve uma mudança nos meios de produção que gerou um maior número de acidentes de trabalho.
No Brasil, as medidas começaram a ser tomadas apenas em 1.943, com a criação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Já no ano seguinte, surgiu o seguro obrigatório ao trabalhador acidentado e foi criada a CIPA para empresas com mais de 100 empregados.
A CIPA é um instrumento que os servidores dispõem para a melhoria das condições de segurança no trabalho. Entre os principais objetivos estão a prevenção de acidentes de trabalho e doenças decorrentes do mesmo, além de propor ações que melhorem as condições do ambiente de trabalho.
Uma CIPA deve ser formada por servidores da própria unidade, que são eleitos através de votos e representantes designados pela administração municipal em igualdade paritária; tanto os eleitos quanto os designados representam toda a instituição.
Eleitos e designados são obrigados a participarem do Curso de Formação de “cipeiros”, que traz temas importantes para que possam desempenhar bem a sua função e despertar nos colegas o espírito de prevenção, além de adquirir consciência de que os riscos ambientais e operacionais possam ser controlados ou até mesmo eliminados.
Hoje, a CIPA é mais rigorosa do que quando foi criada, estando vinculada ao risco da atividade da empresa e ao número de empregados ou servidores constituintes.

Varginha

A Prefeitura de Varginha conta com quatro CIPAs, para as secretarias de obras, educação e saúde, e também a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).
Segundo o engenheiro de Segurança do Trabalho, Jorge Francisco Rodrigues, “a Prefeitura de Varginha se encontra em uma situação bastante avantajada em relação as demais prefeituras do mesmo porte, além de poder contar com três engenheiros de segurança, três técnicos de segurança e dois médicos do trabalho em seu quadro de servidores”, disse.
Ainda de acordo com Jorge, “com a participação dos profissionais de segurança do trabalho e medicina do trabalho, com as CIPAS e principalmente com a participação de todos os servidores, poderemos ter um ambiente de trabalho mais seguro e mais sadio com consequente melhoria da qualidade de vida de todos e também da qualidade do serviço prestado à nossa comunidade”, concluiu.
Em setembro, será realizado o processo eleitoral para os representantes dos servidores da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (SOSUB), onde todos os servidores estão convidados.

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes é um instrumento que os servidores dispõem para a melhoria das condições de segurança no trabalho. (Foto: Prefeitura de Varginha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *