Paróquias de Varginha retomarão missas presenciais a partir de 1º de agosto

Em vídeo explicativo divulgado nas redes sociais, Paróquia do Rosário apresenta protocolo de reabertura da igreja

Redação CSul – Iago Almeida / Fotos: Divulgação

As paróquias de Varginha estão trabalhando para que as missas presenciais retornem em 1º de agosto. A decisão de retomada aconteceu após a Diocese da Campanha anunciar volta de atividades, a partir do próximo mês.

O retorno, porém, deverá acontecer de acordo com as orientações de cada município, dados por decretos municipais.

Paróquia do Rosário

A Paróquia de Nossa Senhora do Rosário elaborou um vídeo explicativo com o protocolo de reabertura da igreja, com todas as situações que serão organizadas dentro das celebrações da comunidade. “Chamamos a atenção para importância de seguir este protocolo e, obviamente, seguir todas as instruções”, informou o pároco.

“De acordo com as orientações da nossa diocese, entre uma celebração e outra, deveremos ter um espaço de duas horas, pois após a celebração, haverá uma equipe que irá higienizar o local. Os bancos e pisos serão limpos, então assim a igreja ficará preparada para receber os fiéis que virão para a próxima celebração”, informou o padre.

Fiéis

O acesso às celebrações está condicionado ao serviço de cada secretaria municipal. Em Varginha, um decreto ativo autoriza a igreja acolher 30% da capacidade do local.

Sendo assim, a paróquia informou que acolherá 130 fiéis por celebração. Os fiéis deverão realizar inscrição no escritório paroquial e receberão uma senha, que deve ser apresentada na entrada da igreja à equipe de acolhida.

Dentro da igreja

Ao chegar na igreja, os fiéis deverão manter o distanciamento de 2 metros. Se forem da mesma família, poderão sentar três pessoas no mesmo banco. Haverá um agente de pastoral, próximo à porta de entrada, orientando os fiéis para que entrem de máscara e higienize as mãos.

Liturgia

Quanto ao fiel que participa da equipe de liturgia, antes de proclamar a leitura, deve higienizar as mãos e não deve tocar no livro e ambão (estante onde fica o livro). “Se necessário, se alguma leitura tiver que tocar no livro para tocar na folha, a pessoa, depois que proclamar a leitura, mesmo que não toque no livro, deve higienizar as mãos antes de retornar ao local”, avisou.

Ofertas

Como costume e tradição, as ofertas dos fiéis são recolhidas no meio da celebração, durante o ofertório. No entanto, segundo a paróquia, neste período, as ofertas serão recolhidas ao final da celebração, quando o fiel estiver deixando a igreja.

Comunhão

O fiel deverá permanecer em seu local para receber a comunhão, na frente do ministro, em pé e com máscara. O ministro, após fazer a higienização de suas mãos, deve ir até o fiel, que deve receber a comunhão com a mão estendida, direita por cima da esquerda, para que possa tomar a comunhão. Assim que o ministro entregar o ‘Corpo de Cristo’, o fiel retira a máscara e comunga na frente do próprio ministro.

Sair da igreja

Ao final da celebração, começando do último banco, os fiéis deixarão a igreja com calma e evitando aglomerações, com cautela e ajuda dos agentes de pastoral.

Confira o vídeo completo:

VÍDEO EXPLICATIVO! Orientações referentes ao retorno das celebrações com a presença de fiéis. Paróquia Nossa Senhora do Rosário. Varginha – MG

Publicado por Paroquia Nossa Senhora do Rosario em Quinta-feira, 2 de julho de 2020

Paróquia Frei Galvão

Na paróquia do Frei Galvão, 70 fiéis participarão das missas presenciais. Também haverá agendamento, uso de máscaras e álcool em gel, higienização dos pés do tapete sanitizante que está na entrada da igreja, banheiros e bebedouros interditados, distanciamento de 2 metros, locais indicados para sentar, comunhão nas mãos e coleta no final da celebração.

Outras paróquias

Segundo a paróquia Cristo Luz dos Povos, está proposto que as celebrações retornem, mas dependerá do número de casos de Coronavírus em Varginha na data de início.

As Paróquias Divino Espírito Santo,Sant’Ana, Imaculada Conceição e São José também retornarão as atividades e preparam um informativo de como deverão proceder as celebrações.

As Paróquias do Mártir e de Fátima informaram que nenhuma decisão ainda foi tomada pelos párocos.

As paróquias não informaram quantos fiéis serão comportados nas igrejas, de acordo com o decreto ativo da prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *