Obras chegam ao fim – Rua Presidente Antônio Carlos está liberada

Nesta terça-feira (9), o trânsito na Rua Presidente Antônio Carlos enfim foi liberado. Após nove semanas de obras no local, a revitalização em uma das principais ruas da cidade chegou ao fim. O prazo inicial para término das obras era de seis semanas, três a menos do que o demorado.

Depois de várias reclamações de moradores e lojistas, uma “força-tarefa” foi montada durante o último final de semana para concluir a colocação do piso. Funcionários da empreiteira que venceu a licitação começaram o trabalho às 5h do sábado (6) e terminaram no final do domingo (7).

Marcus Madeira / Blog do Madeira

Segundo o secretário do Planejamento, José Manoel Magalhães Ferreira, “a obra estava muito devagar, chamamos a empresa e colocaram mais gente. A ACIV me convidou pra conversar com os comerciantes. Anunciei que iam colocar mais funcionários e expliquei que a parte final era a mais rápida, só instalar os pisos”, explicou.

 

Mudanças

O piso entre a margem de rolamento (rua) e a calçada teve o tamanho diminuído. Guias para pessoas com necessidades especiais e rebaixamento para cadeirantes foram acrescentados em alguns pontos das calçadas.

Marcus Madeira / Blog do Madeira

Próximos passos

Faltam ainda dois trechos da Deputado Ribeiro de Rezende (perto da Peixaria São Francisco), o calçadão da Wenceslau Braz e a Delfim Moreira (no trecho entre a Alves Costa [rua da Câmara de Vereadores] e o calçadão para que a revitalização esteja totalmente concluída.

“Agora temos algumas datas comemorativas, tem o dia das Mães (12 de maio), Dia dos Pais (11 de agosto). Realizar a obra nesse momento certamente iria atrapalhar as vendas do comércio. Aproveito para pedir desculpas aos comerciantes pelo atraso no trecho da Presidente Antônio Carlos, mas enfrentamos 3 semanas de chuvas, tivemos ainda uma empresa que instalou fibra ótica, mas finalmente entregamos mais um trecho”, informou o secretário.

Início da revitalização

As obras se iniciaram no dia 21 de junho de 2018, após o prefeito Antônio Silva assinar a ordem de serviço para o início da revitalização. A Rua Presidente Álvaro Costa e a Travessa Monsenhor Leônidas (calçadinho em frente ao Teatro Capitólio) foram os primeiros locais a receberem as equipes da RX  Construtora, vencedora da licitação.

No dia 4 de fevereiro de 2019, a segunda etapa das obras foi iniciada nas ruas São José e Deputado Ribeiro de Resende. Entre as melhorias, foram realizados a troca de pisos, aumento e reforma das calçadas e a substituição do asfalto. Além das melhorias, foi instalada a sinalização tátil para deficientes visuais.

Márcio Borges / Varginha Online

Recurso

O recurso é da ordem de R$1 milhão, fruto de emenda parlamentar mais contrapartida do município no valor de R$146 mil. O objetivo, segundo o secretário, é tornar o Centro mais atraente aos olhos dos consumidores e visitantes que procuram o comércio de Varginha para suas compras.

Problemas enfrentados

Desde que as obras se iniciaram, os problemas começaram a surgir, tanto para a Prefeitura quanto para lojistas e pedestres.

Na manhã do dia 29 de outubro de 2018, um dos trabalhadores da obra levou um choque em um fio quando cavava o chão. Ele foi encaminhado para o Hospital Bom Pastor sem gravidade.

 

Reprodução Redes Sociais

A obra sofreu algumas paralisações devido às chuvas e também a com o serviço da empresa Phoenix, que passou fibra ótica em vários pontos da cidade, inclusive o centro. Na época, em nota, o secretário José Manoel disse que “vimos aí uma boa oportunidade para aumentar os benefícios para o comércio. A empresa Radiante, à serviço da Phoenix, adiantou seu cronograma, mas por falta de experiência causou uma série de problemas que estão corrigidos”, havia informado o secretário no dia 22 de fevereiro.

Com a paralisação, lojistas começaram a procurar a Associação Comercial de Varginha – ACIV, para reclamações e providências. Após solicitação de diversos comerciantes, a ACIV realizou no dia 22 de março uma reunião com representantes da Prefeitura para cobrar a intensificação das obras. “A revitalização é um projeto que a ACIV vem pleiteando há muitos anos junto à Prefeitura Municipal e que recebemos com muita alegria quando anunciado, porém, os comerciantes do atual trecho onde as obras se encontram estão passando por muitos problemas e o principal deles é o atraso nas obras. Estamos em contato constante com o Secretário de Planejamento, seja por telefone, por ofícios e até mesmo por WhatsApp, sempre buscando respostas para as solicitações dos empresários”, disse no dia, o presidente da Associação, Anderson de Souza Martins.

Em resposta, o secretário José Manoel disse que “havíamos programado a obra para seis semanas, tivemos algumas interferências que não contávamos, uma delas foi o período de duas semanas de muita chuva, eu gostaria muito que os representantes da empresa estivessem presentes e que eles falassem sobre essas interferências. Mandamos mais de dez e-mails notificando a empresa para que ela colocasse mais funcionários e trabalhassem a noite e finais de semana, mas o retorno que tivemos é que não era possível devido a problemas com o Sindicato e Ministério do Trabalho. O que nós conseguimos deles, nesta quarta-feira (27 de março de 2019), é que na próxima semana, duas equipes maiores estarão trabalhando no centro e acredito que isso vá se cumprir”, finalizou o secretário.

Em uma das reuniões realizadas na Câmara durante a semana passada, o vereador Pastor Fausto solicitou ao prefeito e ao secretário municipal de Obras e Serviços Urbanos, informações sobre a obra do centro, justamente na Rua Presidente Antônio Carlos. “Muitos lojistas estão questionando o andamento e o prazo para a entrega dessa obra, pois as vendas caíram significativamente nesse período que a obra está em andamento devido à poeira, o barulho e a dificuldade de locomoção pelas ruas. Eles alegam também que os consumidores estão diminuindo a cada dia e já não frequentam os comércios da região central como antes”, justificou o vereador.

“Sabemos que esta obra representa um marco positivo para nossa cidade e que ela impulsionará bastante o comércio, melhorias na acessibilidade, mobilidade e no trânsito, por isso, conto com o apoio do Executivo para juntos deixarmos a população a par do que está acontecendo”, disse Pastor Fausto.

Redação CSul – Iago Almeida / Foto: Marcus Madeira/Blog do Madeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *