Minasul realiza cerimônia de inauguração de platô de bandeiras com Hasteamento da Bandeira Nacional

A Minasul realizou nesta segunda-feira (11), às 8h, na sede de sua matriz, localizada no bairro Vila Paiva, em Varginha, uma cerimônia oficial de hasteamento das bandeiras do Brasil, do estado de Minas Gerais e do município de Varginha. Diversos convidados compareceram à cerimônia, que contou também com a presença do comandante da Polícia Militar de Varginha, Marcos Serpa de Oliveira, e da Banda da Polícia Militar.

O presidente da Minasul, José Marcos Rafael Magalhães, deu as boas-vindas aos convidados e ressaltou a importância dos cooperados e de todas as pessoas que trabalham com a terra para alimentar os brasileiros e os habitantes de outros países. “A Minasul é uma empresa cooperativista com a missão de ser uma entidade de fomento do agronegócio, que presta, com muita honra, respeito e justiça, uma digna homenagem a um dos principais símbolos da nossa Pátria, a Bandeira Nacional”. As bandeiras de Varginha, de Minas Gerais e do Brasil foram hasteadas pelos cooperados Antonio Augusto dos Reis e João Lincoln Reis Veiga – ambos oficiais da reserva do Exército Brasileiro – e Marcos Paiva Foresti, secretário municipal de agricultura (Varginha/MG). O hasteamento foi acompanhado da execução do Hino Nacional pela Banda da Polícia Militar.

Para José Marcos, o respeito aos símbolos nacionais é uma forma de exaltar o civismo. “Para nós, produtores rurais, o solo em que vivemos é sagrado, nossa Pátria é nosso berço e a casa de toda a nação brasileira. Tradição e símbolos são alicerces de uma grande e respeitada nação. Queremos resgatar o civismo e o respeito aos símbolos da Pátria”.

Bandeira Nacional

A Bandeira do Brasil foi instituída em 19 de novembro de 1889, quatro dias após a Proclamação da República, trazendo em seu cerne os ideais republicanos sintetizados no lema “Ordem e Progresso”.

Projetada por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, com desenho de Décio Vilares, suas cores oficiais são verde, amarelo, azul e branco. O verde representa as nossas exuberantes florestas tropicais; o amarelo simboliza nossas riquezas minerais; o azul, a imensidão do nosso céu, e o branco, a paz, um dos direitos permanentes de toda a nação brasileira. As constelações que figuram na Bandeira Nacional correspondem ao aspecto do céu, observado no Rio de Janeiro, às 20h30 da data da Proclamação da República – 15 de novembro de 1889 –, e as vinte e sete estrelas representam os estados e o Distrito Federal.

Nossa bandeira é a única do ocidente que traz uma mensagem escrita. As palavras “Ordem e Progresso”, em verde, são uma simplificação do lema positivista “O amor por princípio, a ordem por base e o progresso por fim”. A Bandeira Nacional é, pois, o retrato do Brasil, parte visível da alma do povo brasileiro.

Fonte: Ascom Minasul / Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *