Ex-vereador Zué do Esporte se apresenta e é preso em Varginha

Josué Campos Narciso estava foragido desde meados de outubro; acusado de crimes como importunação sexual e porte ilegal de arma, ex-vereador foi preso nesta terça-feira (12).

Redação CSul – Foto destaque: Arquivo/Câmara Municipal de Varginha

O ex-vereador da comarca de Varginha, Josué Campos Narciso, conhecido por Zué do Esporte, se apresentou à delegacia na tarde desta terça-feira (12), em Varginha. Zué estava foragido desde meados de outubro, quando foi acusado de importunação sexual contra duas jovens.

Zué é acusado, também, de posse ilegal de arma. Acompanhado de sua advogada, o ex-vereador prestou depoimento por cerca de duas horas, e logo depois foi encaminhado ao Presídio de Bom Sucesso.

Entenda o caso

Zué do Esporte (PP) é acusado de importunação sexual contra mulheres em Varginha. O caso foi denunciado por uma adolescente, que relatou ter sido observada enquanto trocava o uniforme na quadra da Escola Municipal Dr Jacy de Figueiredo (CAIC).

De acordo com a polícia, a vítima de 18 anos, relatou que foi abordada pelo ex-vereador enquanto assistia o namorado a jogar basquete. “Ele convidou a vítima para integrar uma equipe de vôlei e ofereceu a ela um uniforme”, disse a Polícia Civil.

No momento em que a jovem foi ao banheiro trocar de roupa, ela teria sido observada pelo ex-vereador. “A vítima percebeu uma movimentação estranha no teto, quando, então, percebeu a existência de um buraco e que o vereador Zué a observava, escondido, de outra sala, enquanto ela se trocava”, completa

O caso foi divulgado nas redes sociais e outras mulheres se manifestaram, relatando ter sido vítimas de Zué. “Pelo menos uma das vítimas era adolescente”, afirma.

Policiais Militares e Civis foram até a casa dele, mas ninguém foi encontrado. Os policiais apreenderam objetos e uma espingarda calibre 12, de origem turca, que estava sem registro.

Além disso, a polícia descobriu um cômodo na mesma Escola Municipal, que era usado pelo suspeito sem autorização para fins políticos. “Na sala foram encontrados, inclusive, material de campanha eleitoral, incompatível com o local público em questão”, ressalta.

A Perícia da Polícia Civil também esteve no local.  “Zué se valia de um banco para subir ao teto e, por meio de um buraco, espionar as mulheres que abordava, enquanto elas se trocavam no local. Na parede do local foram encontrados vestígios de sêmen, diz.

Renúncia e defesa

Zué do Esporte renunciou ao cargo de vereador no dia 29 de outubro. Na época, o ex-vereador era investigado pelos crimes relatados.

No documento entregue por seu advogado à Câmara Municipal, Zué afirmava ser inocente e ressaltou que iria provar durante o andamento processual. “Confio em Deus, demonstrarei inexistir qualquer responsabilidade a mim atribuída, comprovando assim minha inocência” – dizia a carta.

Carta foi entregue nesta tarde à Câmara Municipal/Foto: Reprodução

A carta, no qual segue teor unilateral, ou seja, a Câmara é obrigada aceita-lá – foi recebida e assinada – pela presidente da Câmara, vereadora Zilda Silva.

Com a decisão de Zué, a Câmara Municipal interrompeu a comissão que analisaria a falta de decoro do político. Suplente de Zué, Carlinhos da Padaria – que foi eleito para o mandato 2021/24 – assumiu cadeira na Casa como suplente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.