Empresa de transportes em Varginha demite funcionários

still1021_00001_1Os funcionários demitidos na semana passada pela empresa de transportes Coutinho, se reuniram para uma manifestação em frente à empresa. Eles se reunira com o Sindicato dos Motoristas e disseram que a Coutinho afirmou que não vai pagar os direitos dos trabalhadores neste momento por falta de dinheiro. A Polícia Militar também eseve no local.

O proprietário da empresa, José Alberto Coutinho disse que as demissões foram feitas nessa semana. De acordo com o empresário, outros 50 empregados serão mandados embora nesta semana. Até segunda-feira (23/11), a Coutinho tinha 380 empregados. “A prefeitura não nos paga há dois meses. Não sei como vou pagar o décimo-terceiro”.

A prefeitura teria parado de pagar a Coutinho, de acordo com José Alberto, devido à ação que investiga supostas fraudes em licitações na área do transporte de alunos e de coleta de lixo de Varginha. A Coutinho é acusada de superfaturamento e de não pagar impostos. “Todos os impostos que estavam atrasados já haviam sido refinanciados e estão sendo pagos em dia”, diz Beto Coutinho. “Aí noticiam que não pagamos e acabamos tendo um contrato rompido com uma grande empresa de Varginha, que está na cidade desde 1999″.

Doação – A Coutinho entrega, neste domingo (29/11), mantimentos, roupas e água para os desabrigados de Mariana. Eles retiraram os bancos de um ônibus que transportava alunos da zona rural de Varginha e carregaram os donativos. O ônibus sai pela manhã.

Na tarde desta segunda-feira (30), a prefeitura municipal de Varginha emitiu uma nota de esclarecimento, referente a matéria publicada anteriormente. Confira abaixo na íntegra:

Nota de Esclarecimento

Com referência a nota publicada por um Blog local, sobre a Empresa Coutinho, relacionada a pagamentos dos serviços prestados à Prefeitura de Varginha, a administração municipal esclarece que durante os três anos da atual administração, vem cumprindo rigorosamente o contrato, pagando pontualmente a prestação do serviço devidos a Coutinho.

Para se ter uma ideia, somente no ano de 2015, até a presente data, já foram pagos em torno de R$ 4,3 milhões a empresa. Com relação aos  débitos remanescentes,  são referentes ao mês de novembro.

Finalmente, considerando o alto valor do contrato firmado entre as partes, presume-se que a empresa tenha capital de giro para arcar com suas responsabilidades, não podendo responsabilizar à Prefeitura de Varginha pelas dificuldades financeiras que eventualmente esteja enfrentando.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VARGINHA

Rua Júlio Paulo Marcellini, nº 50 – Vila Paiva –  Varginha-MG – CEP: 37018-050 – (35)3690-2042

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *