Donos de postos e PM se unem em app para conter assaltos

Para diminuir o número crescente de assaltos a postos de combustíveis, os donos de estabelecimentos e a Polícia Militar do Sul de Minas se uniram por meio de um aplicativo de celular. Com a tecnologia como aliada, eles tem a “Rede de Postos Protegidos”: um canal de denúncia direto pelo celular entre os militares e os trabalhadores e donos de postos. Em Varginha  o serviço está sendo implantado e em Guaxupé, Alfenas e São Sebastião do Paraíso, ele já existe.

Um levantamento da Polícia Militar mostra que o número de assaltos cresceu, especialmente emVarginha. Em 2013, foram apenas cinco ocorrências. No ano seguinte, foram registradas 19 e até o momento, neste ano, já foram contabilizados 17 casos de assaltos.

Segundo o tenente da PM, Orivaldo Lombardi, com o aplicativo, o trabalho ficará mais ágil. “Com isso, garantimos mais agilidade das viaturas, até mesmo para realizar as devidas abordagens em casos de assaltos e ocorrências nos postos”, disse.

A medida também beneficia donos de estabelecimentos. De acordo com o diretor regional do Sindicato Minaspetro, Lenadro Motteran, com a rede, o trabalho será melhor. “Dá muito medo hoje né? Não conseguimos mais nem ter sucesso nas contratações de frentistas porque o pessoal tem medo de trabalhar em postos de combustíveis”, comentou.

Tecnologia busca acabar com a violência e será implantada em Varginha. (Foto: Reprodução EPTV)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *