Detran é alvo de novas reclamações por atrasos; vereador Carlúcio Mecânico questiona demora nos serviços

Redação CSul – Iago Almeida / Foto destaque: Blog do Madeira

As reclamações contra a demora nos atendimentos do Departamento de Trânsito de Varginha – Detran continuam. Segundo moradores, há atrasos na entrega de documentação e vistoria de automóveis no município.

Diante do cenário, o vereador Carlúcio Mecânico apresentou na Câmara de Varginha um requerimento no qual pede informações ao Governo do Estado e ao Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais – Detran, sobre os serviços do departamento.

Segundo o parlamentar existe a informação que em outros municípios como Três Corações e Lavras, o serviço está funcionando normalmente, porém aqui em Varginha está ocorrendo uma demora considerável. “A demora na entrega de documentos e também na realização de vistorias de veículos aqui em Varginha tem prejudicado a nossa população. Por isso apresentei este requerimento na Câmara cobrando providências e respostas do Detran sobre essa situação”, disse.

Entre os questionamentos o vereador pergunta o motivo dessa demora, se há um prazo para normalizar o serviço e porquê a diferença do valor exorbitante cobrado pela nova placa do Mercosul em comparação com o estado de São Paulo. “Espero que seja respondido em breve e que seja dada uma solução. O que não pode é o povo, que paga e caro pelo serviço, continuar sendo mal atendido, isso quando consegue ter atendimento”, justificou.

Em março, diante de outras reclamações, o delegado responsável pela Delegacia Regional de Trânsito havia informado que a situação ainda era reflexo da Operação Êxodo 23, desencadeada pelo Ministério Público em dezembro do ano passado, que investigou um esquema de corrupção no setor de trânsito de Varginha e Elói Mendes. A operação cumpriu 16 mandados de prisão preventiva e 21 de busca e apreensão. Entre os detidos estavam delegado, policiais civis e servidores do Detran.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *