Danças Circulares como benefício para a saúde

Começaram no final do mês de agosto e vão até dezembro, as oficinas de Danças Circulares a serem utilizadas como prática de promoção da qualidade de vida no município. A iniciativa, uma parceria entre as Secretarias de Saúde dos municípios de Varginha e Itaguara, contam com a orientação do Governo do Estado.

O movimento das Danças Circulares ganhou força no mundo nas últimas décadas a partir de uma iniciativa europeia de resgatar o sentido e o valor humano contido nas danças folclóricas a serem traduzidos como práticas que beneficiam a saúde.

A enfermeira Rosane Alves Pereira, coordenadora do núcleo de implantação desta atividade pela secretaria de Saúde, informa que “a Dança Circular hoje faz parte do rol das práticas integrativas e complementares oferecidas pelo SUS”. Até o final do ano, serão 5 módulos oferecidos aos servidores. Everton Vinicius, enfermeiro da Secretaria Municipal de Saúde de Itaguara é quem ministra as aulas na cidade.

A dinâmica é simples e não é restrita a nenhum gênero ou faixa etária, homens e mulheres de todas as idades podem participar. Promoção do autoconhecimento, integração, socialização, concentração, equilíbrio, prazer e bem-estar são apenas alguns dos benefícios atribuídos atualmente as Danças Circulares. “Música e dança fazem bem não só para o corpo, mas também para a mente, o coração e o espírito” é o que disse Vérdi Melo,  vice-prefeito de Varginha quando conheceu o projeto. As vagas estão praticamente esgotadas, mas o servidor municipal que ainda tiver interesse pode entrar em contato com a equipe da Secretaria Municipal de Saúde pelos telefones: 3690 – 2072  ou  3690 – 2256.

Para quem quiser conhecer melhor o universo das Danças Circulares, nesse próximo domingo, dia 1º de agosto, a Concha Acústica de Varginha será palco dessa tradição ancestral durante as ações do Varginha Mais Sustentável que começam a partir das 8h. O evento é aberto a toda a população.

Fonte e fotos: ASSCOM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *