Crea-Minas premia estudantes em feira de tecnologia

 A Feira de Ciências e Inovações Tecnológicas (Feicintec) premiou na última quarta-feira (09), projetos de estudantes do ensino superior e técnico das áreas de engenharia, agronomia, geologia, geografia, vindos de todas as regiões de Minas. Em sua terceira edição, a feira foi realizada na sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas), em Belo Horizonte.

Uma comissão avaliadora, formada por profissionais da área tecnológica, analisou os 33 trabalhos expostos. Os projetos “Limpeza e inspeção de dutos de ar condicionado com robô rover” e “Sistema de troca de marchas sequencial para automóveis com câmbio manual”, ambos do Unis, foram premiados em 5º e 7º lugares, respectivamente. O primeiro lugar foi para os alunos da Universidade de Itaúna, com o projeto “BCHEM – Novas tecnologias para a produção mais eficiente de biodisel” (R$12.000); o segundo lugar ficou com os alunos da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, com o trabalho “Desenvolvimento de Coberturas e filmes biodegradáveis a partir de fontes naturais do cerrado brasileiro” (R$ 10.000); e o terceiro lugar, para o projeto “Aplicação de concreto colorido como prevenção contra acidentes em instalações hidráulicas e elétricas”, da UniBH, em Belo Horizonte (R$8.000). Ao todo, foram premiados dez trabalhos, totalizando R$ 50.000,00, para estimular a inovação tecnológica entre os estudantes.

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-Minas), Jobson Andrade, que participou da cerimônia de premiação, comentou sobre a importância da Feicintec. “Este é o início da caminhada destes alunos da experiência com inovação. É um momento de mostrar que somos capazes, criando tecnologia e ferramentas que tenham um uso prático para facilitar e garantir a melhoria da qualidade de vida. Isso mostra a importância da nossa profissão e do conhecimento que ela produz”, comenta Jobson Andrade. Na ocasião, também foi lançada a Revista Vértice – Edição Técnica, dedicada a divulgação das pesquisas tecnológicas produzidas em Minas Gerais.

Com o foco em inovação tecnológica, a Feicintec tem como objetivos incentivar a criação, o planejamento e a execução de projetos, além de despertar novas vocações em estudantes de cursos da área tecnológica. Para Jobson Andrade, a iniciativa estreita ainda mais os laços do Conselho com as instituições de ensino, estudantes, profissionais e a sociedade.

Equipe de Diamantina conquistou o segundo lugar – Foto: Divulgação
Equipe de Diamantina conquistou o segundo lugar – Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *